Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2010
É hoje. É hoje o dia em que recordo o porquê de não gostar da passagem de ano. Não gosto porque há 10 anos atrás a minha ficou marcada pela perda, por uma perda para a qual não estava preparada. Apesar de ele não ser o melhor Pai do mundo, longe disso, mas era o meu Pai. Foi com ele que cresci e que aprendi muita coisa. Apesar de não me lembrar dele sóbrio sei que no meio de todos aqueles momentos há sempre bons momentos. Momentos que valem a pena ser recordados e que fazem com que doa só um bocadinho mais. Uma perda é sempre uma perda. Nada podemos fazer para mudar o que já aconteceu mas tenho dias em que sinto que podia ter vivido mais bons momentos, podia ter aproveitado mais e quem sabe se me tivesse esforçado muito mais as coisas tivessem sido totalmente diferentes. Estar totalmente sozinho deve ser uma dor muito difícil de suportar. Ele estava sozinho, ficou sozinho e acima de tudo deixou o meu mundo um pouco mais pequeno. Naquele dia andava às compras para a passagem de ano e q…

Os meus melhores amigos continuam a ser:

Ibuprofreno 600 Actifed Ilvico Strepfen e um termómetro digital...
nem com dose de cavalo estou a melhorar, por isso agora vou dedicar-me às mezinhas 100% naturais, se bater os pirolitos já sabem ao que se deve :) opah isto normalmente vai ao lugar rapidamente mas com tanta festarola* no meio e com estas temperaturas baixissimas não há quem aguente. Ai que a passagem de ano está a ficar compremetida, vou ser tipo velhinha sentada no sofá com um cobertor por cima e lá ficarei. Posso dizer adeus às loucuras da noite, às bebedeiras, às parvoices e ficar por casa a ver a final da Casa dos Segredos que sem nunca ter visto aquilo sinto que já sei tudo de tudo daquela casa fantástica...

*festarola considera-se o Natal e o meu aniversário...posso dizer que mesmo doente e sem beber uma pinga de alccol (sou uma gaja responsável e não preciso de propriamente festejar com alcool) me diverti loucamente e consegui aproveitar o melhor de dois mundos totalmente distintos. Afinal o melhor fica mesmo para o f…

Número redondinho...

Num instante a vida passa, num abrir e fechar de olhos as coisas acontecem, crescemos, vivemos, rimos e choramos com uma intensidade única. Cada momento das nossas vidas é vivido conforme a importância que lhe damos e da maneira que queremos e se realmente há uma mãozinha do destino é porque esse gajo é tramado e por vezes reserva-nos coisas más. Mas como nem tudo são tristezas e há que saber ultrapassa-las e retirar o melhor  que pudermos e conseguirmos há que deixar a vida fluir. Sou uma pessoa de tudo ou nada, não gosto cá de meios termos mas aos poucos aprendi a aceitar alguns. Vivo a vida com tudo o que ela me dá, por vezes erro e sigo em frente, outras nem por isso e vivo a matutar no erro e noutras simplesmente faço as coisas bem e vejo frutos disso. Um dia de cada vez mas aproveitando tudo o que eles me podem dar, e por vezes dão coisas mesmo boas...

...por isso vou só ali festejar (ou então não) o meu aniversário e quando a festa acabar voltarei a contar as novidades. Se é que…

E hoje é isto:

Apesar de...

...estar de cama com uma gripe do caraças, o Pai Natal até me trouxe uma boa prenda ;)

E o Natal está a chegar...

Pois é, está mesmo a chegar o velho das barbas brancas com uma sacola vermelha às costas com muitas prendinhas para todos nós incluindo amor, paz, sossego, amizade, paixão, harmonia, entre outros sentimentos maravilhosos que existem sempre e que sobem à flor da pele nesta altura. Infelizmente cada vez sinto o Natal de uma forma menos intensiva mas é uma época muito importante. Neste Natal vai ser um pouco mais triste porque uma das minhas manas (apesar de gostar de todas igual a verdade é que com esta tenho mais afinidade) não vai estar por perto... está algures no meio da neve e do mau tempo e não aqui ao pé de nós mas garantidamente que estará no meu coração e que este fica bem mais apertadinho por não a ter aqui ao pé de mim. Mas como a vida não para e temos que continuar a viver vou estar com outras pessoas também demasiado importantes para mim e como tal vou começar a preparar as guloseimas para a consoada :) Este ano vai ser passado na minha casa, coisa que não acontecia há anos …

E as sms de Natal já começaram a chegar...

,,,e eu ainda não tenho tempo para lhes responder e sinceramente nem sei se me apetece. Há gente que leva um ano inteiro sem me dirigir palavra, sem saber se estou morta ou viva e depois chega esta época e pimba, lá está a sms de Natal. Não sei, não... Pior mesmo é mandarem a sms logo assim cedinho, muito cedinho quando sabem que vou estar a dormir que é para me acordarem...

Se eu...

...pudesse andar sempre com as unhas pintadas, estas andariam sempre de vermelho. Por mais que esteja fora de moda e que volte a ser moda. Por mais que se usem outras cores e/ou pastéis e cremes e sei lá que mais eu continuo a gostar de vermelhos e já tenho cinco vernizes vermelhos todos de diferentes tonalidades de vermelho. Acho bonito e sexy. Mas claro, isso sou só eu que não percebo nada desse assunto de gajas quanto mais conseguir pintar as unhas...

...

Uma pessoa que nos faz ir contra o que nós defendemos, contra o que acreditamos, contra os nossos princípios e acima de tudo contra aquilo que nós acreditamos não gosta de nós pois não?!? Ou sou só eu a achar que se alguém diz gostar de nós, apesar de todas as diferenças que possam existir (que são necessárias em qualquer relação porque as pessoas não precisam de ser fotocópias umas das outras), que não aceita o que acreditamos e acima de tudo, o que somos, é um caso perdido. Para mim as relações são branco ou preto não há cá cinzentos...

é por essas e por outras que as borboletas fogem de mim...
ok, sou eu que fujo delas mas tenho os meus motivos...

Natal para ser Natal tem de ter:

E a TVI já cumpriu o seu papel este ano.
Mas não haverá mais filmes para passarem na televisão :(

Acho-lhe piada...

Johnny Knoxville ...mas aquela coisa de fazer aquelas besteiras todas ultrapassa-me...

Ninguém merece...

...estar a chover torrencialmente e ter que tirar o cu da cama para ir trabalhar :(

Perfumes ou fragrâncias?!?

Não percebo nada deste tema, até nem sou uma pessoa muito dedicada a este tema. Não entendo o porquê de perfumes de verão, outros de inverno e dos que são mais suaves e frescos e das mais fortes e intensos. Enfim para mim é uma tema que não me posso pronunciar, sempre fui gostei de perfumes fortes, que permanecem e nos tornam memoráveis (LOL). Quando era mais nova era louca pelo Tommy Hilfiger clássico, um frasco durava pouquissimo tempo nas minhas mãos. Depois com a idade (LOL) virei-me para o Jean Paul Gaultier clássico o qual usei e abusei nos últimos  7 anos. Agora sei lá eu porquê virei-me para o Deep Red do Hugo Boss e para o Rock Muse da Miss Sixty. São perfumes que marcam a presença de quem os usa (LOL) Para mim são simplesmente maravilhosos...adoro sentir o cheirinho deles na minha roupa, cachecóis, casacos e até quando entro  no carro...cá me parece que vão durar tão pouco tempo e infelizmente são tão caros :(

Só queria...

...ter sangue frio e raciocínio rápido em situações de stress e de pânico... e não tenho, o cérebro falha, as reacções são menores e os minutos passam como se fossem horas.

Ainda sou do tempo de ...

...Bryan Adams. As lágrimas que chorei, os sonhos que criei, os momentos que recordei ao som destas músicas... Hoje apetece-me recordar esta e esta e voltar a chorar, sonhar, recordar e viver...porque a vida também é feita do que já foi vivido, do que vivemos e do que iremos viver ainda, coisas muito boas espero.

Depois há dias como este...

...que têm tudo para ser inesquecíveis, fantásticos e plenos de alegria e coisas boas mas que nos fazem recordar que falta ali qualquer coisa. Temos uma vida repleta de coisas boas, estamos em plena época natalícia onde o espírito que anda no ar é o de dar, oferecer e sentimos-se perdidos neste mundo cheio de pessoas que não nos compreendem, não nos valorizam, não nos conhecem e nem compreendem. Já me encontrei mais nestes últimos meses que ao longo da minha vida, mas é necessário perceber que se encontro é porque já me perdi antes.  Sim, perco-me com grande facilidade, perco a noção do Norte e do Sul e do caminho de casa... Mas e afinal onde é a minha casa?!? Onde é o meu lugar?!? Quem sente se eu não chegar?!? Se não me encontrar?!? Perdi o rumo e voltei a encontrar... Mas já o perdi de outras vezes e nunca tive dificuldades em encontra-lo mas agora tenho, muitas mesmo... Mais um ano está a acabar, muitos bons momentos festejei outros tantos me fizeram chorar. Fartei-me de dizer que es…

O tão famoso 7 que anda a percorrer a bloguesfera

Há uns tempos descobri este desafio no blog da Martinha e posteriormente a Super Sónica desafiou-me a responder...demorou mas apareceu. É que quando o assunto sou eu demoro muito tempo a pensar, talvez porque até não me conheço tão bem quanto acho que conheço. Por isso cá vai: 7 coisas que tenho de fazer antes de morrer: Antes de morrer queria muito fazer mais do que sete coisas, claro. Mas escolhendo apenas sete quero:
1- Comprar o meu duplex, lol...já esteve mais longe. 
2- Viajar com uma mochila às costas pelo mundo.
3- Bungee Jumping, surf, kitesurf, 
4- Descobrir a minha vocação 5- Ter uma biblioteca particular
6- Amar e ser amada
7- Fazer 99 anos e ter boa saúde para os festejar e a família por perto e amigos também :)

7 coisas que mais digo: 1- Oh God!!!
2- Vou matar aquele gajo!
3- Isto contado ninguém acredita!
4- Menos conversa e mais trabalho!
5- Não acredito nisto!
6- Isto não me está a acontecer!
7- Não! (mas depois acabo sempre por dizer o sim)

7 coisas que faço bem: Sinceramente até acho…

Simplesmente...

...fantástico. Adorei tudo, até ao último pormenor. É daqueles filmes em que ficamos a torcer pelos maus...

Há mais de 300 assaltos a bancos por ano, em Boston. E um bairro chamado Charlestown tem produzido mais assaltantes do que qualquer outro sítio nos EUA. Um deles é Doug MacRay (Ben Affleck). Mas há uma diferença em Doug: ele teve a oportunidade de escolher outra vida, mas preferiu seguir as pisadas do pai e tornou-se o líder de um perigoso gang. A única família que Doug tem são os seus parceiros do crime, especialmente Jem (Jeremy Renner), quem ele considera um irmão. Contudo, tudo muda quando, no último trabalho, Jem faz um refém: a gerente do banco Claire Keesey (Rebecca Hall). Quando eles descobrem que ela vive em Charlestown, Jem fica nervoso e tenta descobrir se Claire se apercebeu de alguma coisa. É aí que Doug interfere e começa a desenvolver uma relação com a gerente. Doug quer sair da cidade mas tem o FBI, liderado pelo Agente Frawley (Jon Hamm), cada vez ma…

Informação útil

Venho por esta forma informar todos vós, para que não hajam dúvidas nenhumas em qualquer momento mais triste das vossas vidas, mas, andar de escorrega depois de chover é igual a cu molhado.
Mas soube tão bem :))) é como ter 5 anos outra vez...

Curiosidade

Gente que usa óculos, o que é que lhes fazem aos óculos velhos quando compraram uns novos... É que eu tenho uma gaveta cheia deles... Vá lá que jogo as lentes de contacto fora porque senão nem quero pensar quantas gavetas já teria enchido.

I'd like

...to feel some butterflies in my belly... but they run away from me :(

Christmas wishlist

Querido Pai Natal
Tu sabes que eu acredito em ti, sabes que nunca duvidei que percorresses um mundo no trenó puxado por umas renas de narizes vermelhos e que carregasses contigo centenas de toneladas de presentes para fazeres todos os meninos e meninas e graúdos felizes. Ainda mais nunca o duvidei que o fizesses em segundos pois num abrir e fechar de olhos, pimba cá estão todos os meus presentes. Enfim, sabes que ao longo do ano ninguém se lembra de ti, que a cada dia que passa estás mais velhinho e que compensas as boas acções, só agora é que o pessoal se porta bem e quer tudo e mais alguma coisa, pois bem, não esquecendo o sentido religioso da coisa e num modo de dizer não ao consumismo exagerado desta altura, venho dizer através desta carta que eu portei-me sempre muito bem este ano. Por isso, este ano não gastes dinheiro comigo e nem explores mais o raio dos gnomos, simplesmente quero um Menino Jesus como este debaixo da minha árvore de Natal :P
é neste momento que me podem chamar tar…

às vezes, mas só às vezes...

...sou injusta com a vida. Ou quero o tudo ou o nada, não me contento com o intermédio. Na maior parte das vezes fico a perder e para variar desta vez não será diferente...

Não sei o que isto quer dizer...

...mas esta noite sonhei que me assaltavam a casa e me davam um tiro. Depois a PSP recusava-se a vir a minha casa porque estavam ocupados e como se não bastasse depois acabava por ir a um casamento. Noite estranha esta...sonhos maus xô da minha noite. xô xô deixem a Gaja dormir com os anjinhos e ter muitos sonhos cor de rosa!!!!

Eterno Dilema...

Ir demasiado depressa ou demasiado lentamente. Comigo nunca há uma meio termo, nunca nada é simplesmente fácil. Vou passar a  ter cuidado com aquilo que desejo... Quem tudo quer tudo perde...pelos visto é sempre assim e desta vez não será excepção :(

Eu já o ia comprar...agora então é que compro de certeza...

Pelas mais variadas razões eu já ia comprar o cd da Leopoldina, no entanto, era com o intuito de o oferecer mas agora que li algures sobre esta música cantada pelo queridíssimo David Fonseca eu quero-o só para mim. Vou passar a dormir ao som desta música...Boa Noite e Até amanhãããããããããã
é tão fofo não é, tão cutxi cutxi...

Não se ama alguém que não ouve a mesma canção*

Independentemente do que se diga, do que se queira ou não, daquilo que sentimos em cada momento das nossas vidas há uma coisa fundamental...amar a mesma música, os meus sons e compassos, os mesmos batimentos e pausas, sentir o mesmo em cada palavra acompanhada de uma nota músical. A música é um dos elos mais fortes. Eventualmente pode-se não gostar dos mesmos filmes, dos mesmos lugares, dos mesmos caprichos, podemos estar a milhas de distância, mas se se gosta da mesma música então temos melodia para a vida e por isso: 
Sei de cor Cada traço do teu rosto, do teu olhar
Cada sombra da tua voz e cada silêncio,
Cada gesto que tu faças,
Meu amor sei-te de cor

Sei cada capricho teu e o que não dizes
Ou preferes calar, deixa-me adivinhar
Não digas que o louco sou eu
Se for tanto melhor
Amor sei-te de cor

Sei porque becos te escondes,
Sei ao pormenor o teu melhor e o pior
Sei de ti mais do que queria
Numa palavra diria
Sei-te de cor.**

É que é através da música que te sei de cor...


*Rui Veloso …

Será algo assim ou então não percebo nada disto!

A amizade é como um bichino (um bichinho da seda que depois se transforma numa borboleta e voa, voa)... tem que ser alimentado, cuidado, mimado para poder evoluir. Se alguma das partes falhar nunca será mais que uma breve coincidência da vida em que duas pessoas totalmente estranhas trocaram contacto. Para mim a amizade é mais ou menos isto, para uma amizade funcionar temos de saber dar, saber receber, procurar, ser procurado... se alguma das partes falhar é porque afinal não é uma amizade... Há amizades para a vida e essas é preciso reconhecer e dar o valor necessário, não se deixar simplesmente perder. Depois há as outras, aqueles momentos em que nos cruzamos com algumas pessoas que naquele momento são importantes e significam algo mas não passam disso...

Algo se passa!!!!

Não sei que se passa comigo mas que é estranho, lá isso é. Levo o dia todo a morrer de sono, a bocejar até me doerem as bochechas, a perder a força nas pernas cada vez que fecho os olhos porque parece que me vou deixar dormir de pé, mas assim que chego a casa e desperto. E cá estou eu, sem sono nenhum a contar as horas que faltam para me levantar amanhã e nada a fazer, o sono teima em não vir... A minha mãe diz que é passarinho azul que anda neste computador mas cá me parece que nem é azul e nem de cor nenhuma...não há.

Não digam a ninguém...

...mas fiquei com um medo de conduzir do caraças. Não o disse a muita gente e continuo a conduzir como antes mas nunca mais carreguei no acelerador como carregava, cada vez que uma curva se aproxima acho que a minha respiração pára, à mínima coisa entro em pânico, travo por tudo e nada, parece que sinto o carro a fugir-me das mãos constantemente apesar de ter a noção que isso não está a acontecer, continuo a ter pesadelos com acidentes... só queria saber o que aconteceu naqueles segundos em que não me lembro de nada e não consigo. Já passei no local onde tudo podia ter acontecido e tive a ver as marcas das travagens no chão e calculei as voltas que dei..'até me deu arrepios na espinha'... mas tenho que me deixar destas coisas porque afinal não aconteceu nada.

Agora passo a vida nisto...

...ir e vir do estrangeiro.
Há um velho ditado português que diz o seguinte: 'Tantas vezes vai o cântaro à fonte que deixa lá a asa', ou seja, traduzindo isto para a minha linguagem...tantas vezes lá vou que qualquer dia por lá fico...

Ainda sou do tempo de ...

Suede - Beautiful Ones
Oh, here they come, the beautiful ones, the
beautiful ones.
You don't think about it,
You don't do without it,
because you're beautiful,
And if your baby's going crazy
that's how you made me,
la, la, la, la....

Sou só eu...

...a ficar toda lamechas quando vejo um casalinho muito romântico e a transbordar alegria e felicidade por todos os poros. Oh!!! é tão fofinho e bonito e cutxi cutxi e tudo, tudo...sim aquele sentimento doce, romântico, meloso, verdadeiro (e muito mais, como a paixão, a amizade, o compromisso,carinho e podia continuar até me fartar), que se dá pelo nome de Amor.

A culpa é delas...

...das put@s das calorias vazias. Segundo a minha nutricionista, essas gajas, as put@s das calorias vazias é que estragam tudo.  Agora perguntam vocês: Mas que raio são calorias vazias? (pelo menos eu nunca tinha ouvido este termo) Ao que eu respondo: É o alcool, meus caros. Bebemos, bebemos mas as sacanas ficam cá todas... Vou só ali enroscar-me no sofá e dizer que nunca mais bebo nada que contenha álcool porque a minha cabeça não aguenta. Porque eu até nem gosto dessas coisas...

Na última semana muito tenho eu falado de álcool...qualquer dia inscrevem-me nos alcoólicos anónimos...

Aos poucos e poucos a inspiração, ou seja lá o que for, volta...

Ultimamente tenho ficado um tanto ou quanto desiludida com os filmes que tenho visto. Sei lá, muita publicidade depois falta qualquer coisa para me prender ao enredo, para me emocionar ou rir que nem uma perdida, para desejar por uma continuação...isto deve estar relacionado com a fartura de filmes que tenho visto nas últimas semanas... Qualquer dia viro-me para os filmes de terror e pode ser que me surpreenda...

E já arranjei qualquer parvidade para escrever...upi!!!
Apetece-me escrever qualquer coisa mas não sei bem o quê. Secalhar deixei de ter assunto para este meu cantinho, ou talvez seja só uma momento de pouca inspiração. A ver vamos...

Sim, revoltei-me...

Mas será que aqui a população aqui da santa terrinha não tem mais nada que lhes tire o sono que o escaravelho das palmeiras e o seu efeito?!? Compreendo que a cidade sem palmeiras fica uma cidade sem palmeiras, mas e não há árvores mais bonitas que as palmeiras, não??? É desta que o hotel palmeira* acaba...a GNR bem tenta por fim aquilo mas afinal cá me parece que é o escaravelho que veio para acabar com a raça daquilo...

*Hotel palmeira = zona assim ali para o cais comercial da cidade que por acaso até tem as palmeiras a marcar cada spot para o carro... é assim o género do fuck drive da cidade, todas têm um, mas o nosso é ali para aqueles lados.

É qualquer coisa do género...

Ainda sou do tempo de ...

Quer dizer eu falho numa semana desta minha rubrica parva e ninguém repara...se fico triste e penso em acabar isto tudo já de uma vez???? É claro que não :)  Por isso esta semana temos a mulher que consideravam detentora das pernas mais bonitas da altura...

E porque um dia quero cantar ao ouvido de alguém...
You're simply the best, better than all the rest Better than anyone, anyone I've ever metI'm stuck on your heart, and hang on every word you sayTear us apart, Baby I would rather be dead In your heart I see the star of every night and every day In your eyes I get lost, I get washed away Just as long as I'm here in your arms I could be in no better place Oh ! You're the best !!!

opah não é justo!!!!

a única sobremesa que não gosto é a única que posso comer as quantidades que quiser...
Caía-me mesmo bem uma bela de uma mousse de chocolate caseira feita por mim ;)

Eu tenho dois pecados...Quem em nada são iguais...Um é a gula o outro é a preguiça e não sei de qual eu gosto mais...***

Se me perguntassem qual era o meu pecado mortal não saberia responder. Acho que morria sem decidir se havia de ser a Gula ou a Preguiça. Mas nunca tenho preguiça de comer... Adoro comer e isso nota-se à distância e tenho uma preguiça do caraças para mexer o cu do sofá por isso eu cá escolheria estes dois pecados porque isto de só poder pecar uma vez e ir logo para o purgatório não tem piada. Há que pecar muitas e boas vezes na vida e afinal o inferno é um lugar mais quentinho e acolhedor...
***Ó a minha veia artística a revelar-se xD

Oh MY GOD

Eu ia agora dormir mas ao fazer zapping deparei-me com o o primeiro filme que fui ver ao cinema: SEVEN com o fantástico Brad Pitt. Ai Jasus se este homem me faz suspirar e logo eu que nem gosto muito deles loiros...vou só ali ficar-me a babar para a tv a pensar na sorte que a Jolie teve...

Eu ainda quero...

...aprender a fazer surf,  aprender a fazer kitesurf,  aprender a andar de skate, fazer bungee jumping pelo menos uma vez,  fazer paraquedismo, andar de mota de água, nadar com golfinhos, ter a minha casa, viajar pelo mundo com uma mochila às costas, fazer parte de uma banda, ser dj por um dia, conseguir correr 10km, ter uma casa à beira mar, ver o pôr do sol todos os dias, ver o amanhecer de mão dada com alguém, fazer voluntariado com vitimas de cancro marcar a diferença, participar naqueles programas de Tv tipo quem quer ser milionário,  trabalhar com crianças, fazer um safari, ter uma tartaruga, ... simplesmente viver.

E o frio chegou...

Apesar de psicologicamente estar preparada para ele, fisicamente não estava...

São as ironias da vida

Sofrer porque se gosta de alguém e esse alguém também estar a sofrer por gostar de outrem.

Eu já votei e tu? Todos juntos por uma boa causa!

Vamos lá minha gente, ajudar não custa e é por uma boa causa.  Agradeço a todos vós que votem no Hospital que preferirem. Eu votei no da minha zona mas na minha singela opinião todos mereciam milhares de votos.  Nunca nada é demais para as nossas crianças. Por elas tudo.  Vamos lá votar que não dá trabalho nenhum apesar de existirem mitos de que podem ficar sem dedos, ou virgens para sempre, ou sem pintelhos no rabiosque...tudo isso é mentira, a única verdade é que podemos proporcionar um sorriso a uma criança.  E digam-me lá se não há nada melhor que um belo de um sorriso desdentado de um puto de 4/5anos? Vá toca a votar porque senão a Gaja vai fazer birra e vocês não querem a Gaja triste pois não?
votar aqui Faz favor que quem tem mais de email votar com todos...olha que até ao Natal isto ainda dá muito voto.

Beijos, beijinhos, beijocas...

Hoje ao ler a Crónica da Cidália(já disse algures por aqui que lia religiosamente todas as semanas) fiquei a matutar nos beijos, beijinhos ou beijocas. Eu não sou uma gaja muito dada a beijinhos na cara, não sei explicar porque sou assim mas mais facilmente mando um sorriso acompanhado de um olá do que estendo a bochecha para receber um beijinho. Talvez se deva ao facto dos meus amigos (as) não sermos muito dados a essas pequenas grandes expressões de carinho. talvez porque tenha sido criada assim (mentira) ou então está mesmo no meu feitio, acho que sempre fui assim. Lembro-me que quando os meus pais se divorciaram e eu ia visitar o meu pai ele dizia sempre que eu entrava em casa e que nunca lhe dava um beijinho... talvez fosse porque não sentia proximidade com ele, talvez porque simplesmente não quisesse sentir essa proximidade. A realidade é que ainda hoje sou assim, assim de vez em quando lá dou uns beijinhos numas bochechas por aí mas não é coisa que me jogue à frente para fazer, …

Lição nº 1: Quem te avisa, teu amigo é.

Ao longo da vida vamos conhecendo, encontrando pessoas. Umas vão, outras ficam, tudo está em constante mudança e nada é certo. Apenas a palavra proferida é que fica e uma vez dita já não há forma de voltar atrás. Os amigos (prefiro acreditar que são amigos, ao menos isso) avisam-nos de algumas coisas que eles já sabem, ou seja, tentam prevenir que nós façamos o mesmo erro que eles fizeram. E, na minha opinião, se eles nos avisam algo sobre eles é melhor que levemos em consideração, isto porque, ninguém melhor que eles em questão para saber do que falam. Por isso, como vossa amiga vos deixo aqui a mensagem:  Se alguém que vocês não conhecem vos diz que não presta, que não vale nada e que o melhor é afastarem-se. Então façam o que vos dizem. Se eles vos avisam é porque sabem do que a casa gasta.

Mas agora vamos lá animar aqui as coisas...

...estão a ver aquela votação ali ao lado? Aquela que tem como pergunta: Depilação total? Pois bem, se achavam que simplesmente ia querer que escolhessem a resposta estão muito enganados (as) (devem ser mais 'as' do que 'os', mas o bom Português diz que devemos escrever sempre no masculino). Comentem em anónimo, ou com outra identidade qualquer (quero lá saber como) mas comentem e digam-me o porquê da vossa escolha. Porque antes não escolheram o Monstro das Bolachas ao acaso, chamaram-me peluda e azul, lembram-se? Obviamente que tenho a minha opinião e visto que já faço depilação há uns bons anos não me parece que seja agora que vá mudar a quantidade de pelos que tiro do meu corpo mas quero saber o que vocês pensam... é que já ouvi com cada coisa que só visto. ah e se me reconhecem pela forma que escrevo possivelmente estarei lá algures como anónima...

Há dias em que mais vale ficar em casa, fechar as janelas, apagar as luzes e enfiar a cabeça debaixo da almofada...

hoje foi um dia desses :'(

Estou em estado de choque...

...estava aqui a fazer zapping, parei na Oprah e não é que me deparo com uma rapariga da Ucrânia a dizer que aos 17 anos começam a procurar marido, aos 20 anos já são consideradas velhas e que aos 25 anos os médicos já não aconselham a ter filhos... Oh my God, lá já sou considerada um dinossauro!!!!

Raios partam para quem inventou...

...o Milka Trendres Moments - Mousse Chocolat blanc...
 é tão bom, mas tão bom que o difícil é não devorar uma caixa inteira de seguida :S
Adoro os chocolates da Milka...a minha perdição.

100% veridico

Cada vez que me enfio na cozinha para fazer comida queimo sempre uma pega ou sei lá o nome que se dá aquilo. Há sempre uma que fica com uma marca preta. Mas em minha defesa a comida sai sempre boa...

Ainda sou do tempo de ...

Meat Loaf - I woul anything for love
'And i would do anything for love, i'd run right into hell and back, I would do anything for love, i'll never lie to you and thats a fact'

Agora vou só ali chorar baba e ranho agarrada à almofada enquanto oiço esta música vezes sem conta...

Tenho um dói-dói

Porque é que quando temos uma ferida em qualquer lado (seja o que for) é sempre aí que nos aleijamos ou nos magoam sem querer. Será alguma atracção cósmica ou assim?!? Já tenho idade suficiente para saber se uma faca corta a casca dura de um queijo também corta a minha pele macia...quase que decapitava o meu dedo :( e o sangue, aí o sangue. Mas também posso afirmar que duas garrafas de Gazela resolvem qualquer tipo de dor... aí que este fim de semana foi agressivo e muito divertido mesmo...

Toda a gente fala mas...

...ou sou eu que sou muito velha ou então cresci num mundo diferente. Mas é que na minha infância eu não comia Nutella, mas sim, Tulicreme... E a festa que nós (eu e as minhas manas) fazíamos quando a minha mãe ia às compras e nos trazia um pacote de Tulicreme...ele era tostas e torradas, era no pão e nas bolachas ou então era só mesmo passar o dedo e lamber...aquilo sim era qualidade de vida. Agora vêem falar-me de Nutella e de quanto é bom, não, nada se compara ao bom pão com Tulicreme que eu comia quando era gaiata.  Acho que era menina para comer uma bela torrada com tulicreme agora :)
         vs

Teoria de uma gaja solteira...

Há vários tipos de gajos. Há os gajos que não interessam nem ao menino Jesus, há aqueles que simplesmente não interessam, há os que não interessam mas que estão disponíveis. Depois ainda há os que interessam mas por mil e um motivo não estão disponíveis, há os que interessam mas que não interessam, ainda há os perfeitos e além destas categorias todas ainda há os amigos. Vamos por partes, os que não interessam nem ao menino Jesus são aqueles que enveredam por maus caminhos (agora depende de cada uma de nós definir os maus caminhos), são aqueles que nos magoam sem dó nem piedade, que pegam no nosso coração e fazem dele picadinho para servir de entrada. Podia ainda tentar definir mas detalhadamente mas depois vão chamar-me nomes então fico por aqui. Aqueles que simplesmente não interessam pode-se dizer que são aqueles que nem reparamos na sua existência, mas que se reparássemos podiam ser o tal... A seguir estão os que não interessam mas que estão disponíveis, isto é, continuam a não intere…

Ainda sou do tempo...

... de My wonder moom dos meus queridissimos Hands on Approach. Este foi o primeiro concerto que a minha mãe me deixou ir sozinha com as minhas amigas e em dias de escola. Lembro-me tão bem e foi tão divertido. Outros tempos.

'Screamin' loud A bottle on the ground With my friends sitting around Don't really matter What's going on I just care about the song Uh, uh, uh, I like the sunset It brings me back the moon.'

Sabe tão bem...

...chegar a casa estourada, tomar um banho relaxante com a água bem quente a escaldar a pele, vestir aquele pijama de que tanto gosto, beber uma chávena do meu chá preferido, aninhar-me nas mantinhas bem quentes e dormir...sei que ainda não está assim tanto frio e que daqui a pouco já estou cheia de calor mas é tão reconfortante e sabe tão bem que por agora vou ficar assim... E ainda digo mais, só é pena não estar muito frio, porque o ideal era mesmo ir aninhar-me ao pé da lareira e ali ficar a dormir... ai como eu gosto tanto deste tempo.

My so called life - Que vida Esta

Lembram-se desta série? Deve ter sido uma das primeiras aparições do queridíssimo Jared Leto (vocalista dos 30 Seconds to Mars). Hoje lembrei-me dela e de quanto gostava de ver isto. Estou a tentar sacar para matar saudades. Não há muito a contar sobre esta série, pois é sobre a vida de uma rapariga de 16 anos, escola, rapazes, amigos, etc... eu adorava.
Wish me luck :)

Realy?!?

Who cares???

Eu fui uma das 100 a chegar aos quiosques SIGG :)

Não é das mais giras mas é minha e foi de graça :)
Tenho que agradecer a vocês, em especial à Ana, que foi a primeira a falar-me deste evento.
Fui assim um pouco a medo mas quando lá cheguei confirmei que era verdade, nunca tinha visto tanta gente à volta daquele quiosque...já fui uma das últimas garrafas, aquilo era a loucura :))))

Estou seriamente a pensar em comprar!

Uma garrafa destas.  E não é por estar na moda, não é pelos desenhos, é, simplesmente porque jogo fora cerca de 30 garrafas de plástico por mês. Já que não consigo de deixar de comprar/beber água engarrafada ao menos podia comprar só os garrafões e deixar de comprar as garrafas. Alguém tem? Sabe dizer se acumula cheiros e afins... é que estou tentada a pedir uma de prenda de Natal.

Já percebi...

...que para ser levada a sério tenho que começar a andar de saltos altos, andar maquilhada, cabelo arranjado, deixar de usar calças de ganga, deixar de usar sapatilhas/ténis, resumindo, deixar de ser uma Gaja e passar a ser uma mulher. O problema é que não sei se estou preparada para essa alteração... A sociedade assim o dita, a partir de uma determinado momento da nossa vida fazemos essa transição e quem não o faz é como se ficasse no limbo, entre a vida e morte. Deixamos de ser levados a sério, deixamos de ser credíveis e passamos a ser uns deslocados que não percebemos bem qual é o nosso lugar na sociedade.  Depois passamos a ter roupa para a semana e comportamentos para o dia a dia e a ter comportamentos para o fim de semana. É quando vamos às compras e decidimos que há roupa para o trabalho, roupa para sair à noite e ainda roupa para o fim de semana... pelo que estou a perceber é quando passamos a ser adultos. Isto é uma tarefa complicada e árdua, não sei se estou à altura.

Vamos a votos, eu dou as opções e vocês escolhem na votação ali ao lado.

Ferrão O Ferrão é um monstro castanho que vive num caixote de madeira, junto à oficina do André. É resmungão, birrento e por vezes mal-educado, mas também consegue ser simpático, quando lhe apetece. Passa a vida a tentar impingir o seu vegetal milagroso, o Agripino, a todos os outros personagens, apesar de só ele o comer (sabe-se que ele consegue preparar com ele, sumo, hambúrgueres, sopa, guisado, entre outras receitas).
Monstro das Bolachas  O Monstro das bolachas é uma criatura azul, peluda e sempre cheia de fome. Ele come tudo o que encontra, mas seu alimento preferido são as bolachas.  Apesar disso é gentil e amigável. Alem das bolachas, outra coisa que ele costuma comer são as letras grandes de brinquedo muito usadas no programa para ensinar o alfabeto para as crianças. Ele só se refere a si mesmo como "mim".
A negrito estão as características mais parecidas comigo. E para quem não se lembra destas personagens da Rua Sésamo temos pena mas o bloguer não me deixa p…
'Faz o que eu digo e não o que eu faço.' Era bom que pelo menos eu ouvisse aquilo que eu digo e que tentasse fazer... 

Ainda sou do tempo de ...

Foi em meados de 1996 (mais coisa menos coisa) que os Da Weasel nos deram a conhecer este fantástico som (sei que ouve outros antes mas acho que só a partir daqui é que conheço).... Todos nós a cantávamos, era o nosso hino. As tardes passadas atrás do Bloco 3 a cantar isto e a fazer figurinhas :) Por mais que os concertos deles sejam iguais faço sempre questão de os ir ver quando andam por terras algarvias, gosto e pronto.
Já não espero por ti mas isso não quer dizer que já não penso em ti. Simplesmente decidi que para bem da minha sanidade mental o melhor era já não querer saber, já que não consigo deixar de sentir. O deixar de sentir algo que nos faz sentir vivos é difícil e dá muito trabalho. Mas eu não me importo que me dê trabalho, afinal eu sempre gostei de coisas complexas e difíceis de alcançar. Agora só tenho uma meta, essa meta é simplesmente deixar de pensar em ti e um dia só quero recordar com carinho o trabalho que me deu. Sei que vou conseguir, eu sou persistente, sempre esperei por ti. Sempre fiquei aqui à espera de algo mais. Agora fico aqui à espera novamente, mas desta vez para te esquecer. Deste-me trabalho mas conquistaste-me com o primeiro sorriso e olhar. Foi quase assim à primeira vista e logo eu que até nem acredito muito nessas coisas. Acreditei em algo que nunca tinha acreditado, só não sei porque dei tanta importância. Hoje tenho a total noção de que errei, não devia ter permi…

Mesmo sem a vida me sorrir, vou continuar a sorrir para ela...

Quantas segundas oportunidades é que se deve/pode dar?  Na vida e em determinadas situações há mais que uma segunda oportunidade, quantas temos e como é que se considera  as que já foram usadas?

Arrumações

Só vemos as porcarias* que temos em casa quando temos que tirar tudo para fora... é que é tanta porcaria que só me apetece jogar tudo fora para não ter que arrumar tudo outra vez...
*coisas que não são de utilidade extrema mas que dão jeito, recordações de algo, pessoas, lugares, dias, etc...