sábado, 29 de agosto de 2009

Bem, acho que já fiz o saco (corrijo, já vou em dois) mas sei que me falta muita coisa...mas não há-de faltar nada que me faça realmente falta.

Cá vou fazer a lista do que levo:

Bikini e toalha - convém se quero ir à praia
Lentes de Contacto, liquido e óculos - também convêm levar isso tudo
A saia nova - só a comprei mesmo para isto, por isso tem mesmo de ir
Montes de roupa (mesmo que não vá usar toda) - certo
Produtos de higiene - sim porque vou andar limpinha e cheirosa
Tenda e saco cama - se não quero dormir ao relento
Leite com chocolate - ainda não vos contei mas sou viciada...
Álcool q.b. - claro que a vodka preta e o sumo de limão não podiam faltar...ah e o vinho verde também não...
Livros e revistas - ainda não comprei a Caras com o Figo lá...
Maquina fotográfica - amanhã guardo, as pilhas ainda estão a carregar
Mp3 - carregadinho de musica até à exaustão...

Acho que já está tudo...ou quase tudo.

Agora vou tomar um bom duche e caminha porque amanhã faço-me à estrada e aí vou eu...


Bem, não vou para muito longe porque estamos no Verão e no Verão está-se bem é no Algarve...epah vou ter saudades vossas...mas quando chegar prometo que dou o ar da minha graça...lol


sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Compra do ano...

Sim hoje fiz a compra do ano...
A compra do ano consiste numa magnífica saia que custou apenas 3.95€ e....não é preciso passar a ferro, não estou a inventar...vem mesmo na etiqueta que não pode ser passada a ferro...UPIIII
Agora a parte boa (mas chata) é que estou a fazer o saco para as merecidas férias...mas antes de partir já cá volto para ler as vossas novidades :D

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Um dos meus livros favoritos...

...agora em filme, já estou a preparar os maços de lenços para levar para o cinema...
Um livro magnífico que nos faz pensar em tantas coisas, principalmente na família.




Sara e Brian Fitzgerald são pais de duas crianças e formam uma família feliz. No entanto, a vida deles muda para sempre quando descobrem que a sua filha de dois anos, Kate, tem leucemia. A sua única esperança é conceberem outra criança, especificamente destinada a salvar a vida da irmã. O resultado é Anna. Kate e Anna partilham laços muito mais próximos do que a maioria das irmãs: embora Kate seja mais velha, ela depende da sua irmã. Na verdade, a vida dela depende de Anna. No entanto, Anna, agora com 11 anos, diz "não". De forma a obter emancipação médica, ela contrata o seu próprio advogado, iniciando um processo judicial que divide a família e que poderá deixar o futuro de Kate nas mãos do destino...

(o texto e a imagem foram retirados daqui)

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Bairros sociais

Este fim de semana li um reportagem sobre bairros sociais, mais propriamente o Bairro do Condado (conhecido como Zona J) e fiquei a matutar no assunto.
Como uma licenciada em Educação Social e sem trabalho na área, um bairro destes era um doce/miminho que me davam.
Porém, também sei que não aguentaria dois dias a trabalhar num bairro social em que pessoas de fora se recusam a entrar lá, nomeadamente taxistas, visitantes (não sei que visitantes é que bairros sociais podem ter, além de educadores sociais, sociólogos, assistentes sociais...e toda um serie de profissões relacionadas com a inserção social, etc...não estou mesmo a ver quem quer fazer uma visita guiada por um bairro social), políticos (só em campanha e sendo eles no mínimo um grupo de cerca de 30pessoas), polícia (sim porque os amigos tem medo [até eu teria quanto mais]).
Enfim, a reportagem era porque os moradores estão indignados com a possibilidade de deitarem uma das bandas abaixo (ou guetos como eles lhe chamam). Até compreendia se essa banda fosse ela habitada de forma legal, ou se por ventura fosse ela de alguma utilidade. No entanto, a utilidade que ela tem é, principalmente, de sala de chuto...visto que a maioria das habitações já têm as portas e janelas empedradas (não sei se a palavra existe, mas refiro-me a estarem tapadas com pedra e cimento).
Não estou aqui a generalizar, porque sei que nem todos são iguais, que há pessoas boas, honestas e trabalhadoras em todo o lado (lá também como é óbvio), mas ao ler melhor a reportagem deparo-me com um caso de uma rapariga que vive clandestinamente numa dessas casas que possivelmente vai abaixo e diz que não trabalha porque recebe (quase) 200€ da segurança social, que lhe dá para os gastos mínimos e que se sair dali ainda lhe roubam o pouco que tem. Depois vem mais um rapaz que diz que não vai trabalhar porque recebe uns 300€ e se for trabalhar vai receber o ordenado mínimo (que não difere muito, segundo ele) e ainda tem de trabalhar...assim não faz nada. Depois, para finalizar, ainda dizem que só descansam depois de terem a chave de uma casa nova na mão.
Pois é aqui que eu entro, e apesar de ser Educadora Social e saber que por vezes o estigma que estas pessoas carregam nas costas é demasiado grande e que lhes fecha muitas portas, mas eles também se encostam muito.
O Estado deita abaixo as barracas deles e dá-lhes chaves de casa, nomeadamente apartamentos, claro que têm de pagar uma renda que vai desde 2.50€ até... (não sei até quanto vai porque isso depende do rendimento das pessoas). Arranja associações com muitas valências para que os possa ajudar, arranja pessoas que queiram trabalhar com eles e pimba ao fim de uns anos a associação já só funciona a meio gás, ninguém quer ir para lá trabalhar porque não são bem aceites ou então se o são, não vêm nenhuma recompensa pelo trabalho deles (quando falo em recompensa não é dinheiro, mas sim darem utilidade e valor ao que eles fazem) e um dia acabem por se fartar.
Depois acho que a forma como o Governo quer inserir as pessoas oriundas dos bairros que eles demoliram é fantástica. Enfiam-nos em apartamentos, os prédios são sempre coloridos e com cores que não lembra a ninguém (deve ser mesmo para identificar ao longe), e o pior mesmo é colocarem-os todos juntos novamente. Será que não perceberam que isso é quase a mesma coisa, e que tal separem-os como fazem nas escolas quando estão a fazer turmas...separam os rufias pelas varias turmas (pelo menos antes era assim ou não???realmente eu estava numa turma para aí com uns 4...por isso não deve ser assim).
Mas continuando, se os separassem, abririam muitas mais associações de apoio à inserção social (trabalhinho para mim :D) e a possibilidade de elas terem sucesso era bem melhor...Agora não, vamos jogar as barracas a baixo mas enfia-los todos na mesma zona que é para a policia nem sequer conseguir lá entrar, pois no suposto bairro mencionado no inicio, a policia diz que a construção do mesmo é propicia para eles fugirem, barricarem-se e ainda dos vários andares (ou sei lá) atirarem-lhes coisas. Boa logo são bairros fantásticos. Claro que lá também há pessoas que trabalham e que têm a sua vida...e que não querem confusão mas no fim estão todos no mesmo barco...pelos comums mortais de fora são todos vistos como uns fora da lei...(aqui acho que já estou generalizar um bocado porque sei que não é bem assim).


Depois de escrever isto fiquei com vontade de rever o filme...alguém neste mundo que é a blogsfera que me disponibilize o filme de uma forma totalmente legal como é óbvio...

E já agora alguém sabe o nome da musica que acompanha o trailer???

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Isto é só para ajudar a ter bons sonhos...

porque este gajito é um doce de gajo...


mas realmente o que está aqui a fazer falta é o Luís Figo, pois consta-me que ele aparece na Caras desta semana divinal...

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

E como é que anda a tua memória...

Já sei que estou a ficar repetitiva, mas mandaram-me e eu fiz ontem à noite às 2h da madrugada...ossos do oficio a quanto obrigas!!!

passem aqui e façam (se quiserem), demora um bocadinho...

Já sabem que quero saber os vossos resultados...os meus foram de 91% e 86%...

sábado, 22 de agosto de 2009

Tal como o nome diz Altamente...


Palavras para quê...adorei o filme e valeu-me ir trabalhar cheia de sono porque saí da sala de cinema às tantas...mas valeu a pena, tal como o nome indica Altamente...
Acho que devia era começar a ir ao cinema a horas decentes... éramos apenas 6 pessoas na maior sala do cinema....escusado será dizer que não havia crianças na sala.
Adorei o cão falante... também gostei daquele que ficava com a vozinha fininha.... gostei do passáro gigante...do velhinho em busca de realizar os sonhos da sua querida amada...adorei o puto gordinho à procura de Gambuzinos... Bora todos bater palmas três vezes para atrair os gambuzinos...lol

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

And the winner is....

Bem...os meus caros leitores votaram e o 'Depende do (a) colega' ganhou...compreendo e tenho que dizer mesmo que depende do colega...a minha colega que trata da contratação já sabe (não sabe, mas vai ficar a saber) que a partir de hoje só pode contratar pessoas interessantes...atenção que não digo lindas de morrer porque não há paciência para para pessoas perfeitas (e como eu estou longe de ser perfeita) ...têm que ter algumas imperfeições, claro...
Mas agora digam-me lá o que se entende por colega de trabalho...é aquela pessoa que divide o mesmo gabinete que nós ou pode ser alguém do escritório do lado (mas que eu vejo quase todos os dias), alguém que não trabalha directamente connosco mas que temos que ter algum tipo de contacto...enfim preciso dessa definição...



Este é um pequeno exemplo dos futuros funcionários lá do spot...nada menos que isto...vá aceito com menos uns 10 anos porque este senhor já está a chegar aos 40 (isto se já não os tiver)...também podem ser lá do teu paraíso que não me importo nada...pelo menos lavo a vista.

Ovos moles

Não fui a Aveiro...ainda não foi desta...mas hoje deliciei-me com uns bons ovos moles de Aveiro comprados aqui na Feira do Doce da minha terra...cá fica o cheirinho para vocês.









irra se isto é doce...nem vou pensar nas calorias que isto tem...

quinta-feira, 20 de agosto de 2009



A melhor coisa que inventaram a seguir às sms foram os relatórios de entrega...passo a vida a enviar sms certas às pessoas erradas...oh sorte a minha.

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Que idade tem o teu cérebro?!?

Mandaram-me para o mail...já fiz...
Ao contrário do que possam pensar, a idade do meu cérebro pouco falha da minha idade real...o resultado foi 27...isto até é mau...porque tenho um cérebro mais velho do que eu...

Podem aceder ao teste aqui...quero saber os vossos resultados...

What goes around... Comes around

Justin Timberlake porque roubei o nome da música dele e porque sim...ele é um gajito cheio de estilo...só tem é mau gosto para namoradas...pelo menos as que eu soube (Britney Spears e Cameron Diaz)


Pois é, duvidas existenciais...se esta coisa do karma existe...o que vai, volta....porque é que quando fazemos algo bom...o que recebemos em troca não é nada???
Lembrei-me disto, porque uma amiga no outro dia me disse: 'Se não fiz mal a ninguém em toda a minha vida, porque é que isto me está a acontecer?'...
Pois a coisa do karma está a falhar. Mas a falhar a sério, nada acontece como devia...se fazes algo bom o feedback deveria ser melhor...as coisas andam um bocado cruzadas.
Quando ela me disse isso, a minha resposta (como sempre em qualquer caso) foi: O Tempo Cura Tudo...porque o tempo é o nosso melhor amigo, ele faz-nos ver as coisas boas e as más, onde errámos, o que fizemos bem...etc, nem que para isso leve todo o tempo do mundo.
A parte má é que há coisas que o tempo não pode ajudar...só piora...cada caso é um caso, e cada coisa tem a sua forma de se fazer...realmente o tempo também pode ser um sacana numa data de coisas.
A seu tempo tudo chegará...claro que acho que ficar à espera que o tempo faça tudo é um caso perdido...mas de que serve mudar a minha vida por causa de alguém que não merece (é só um exemplo), mudar de emprego, de casa, de hábitos e costumes...e para quê tanta coisa...não é mudarmos isso tudo que vai fazer apagar um sentimento do nosso coração, aquela treta de olhos que não vêm, coração que não sente é a pura da mentira...
Bem já pus os pés pelas mãos e não disse nada de jeito...tenho muita coisa que digerir...nos últimos dias as boas noticias escasseiam...as coisas más estão a sobrepor-se...esperemos para ver...o pior é que não quero ver.
Afinal isto é um blog de desabafos não é...por isso não faz mal textos esquisitos e complicados.

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Diálogo entre três gerações (mas só gajas)

Nota prévia: estávamos no quintal da parte de trás da casa, o diálogo foi no meio de outros tantos...muita coisa à mistura...


«Aí nós estamos todas aqui e a janela do meu quarto está aberta...

» Não faz mal, assim entra fresquinho e a casa fica mais fresca...

« Vou fechar sim, ainda entra algum ladrão pela janela e os nem nos apercebemos porque estamos todas aqui... (levanta-se e vai fechar a janela)

» (entretanto nós gritamos do quintal) Oh mãe/avó!!!Se for um gajo bom não faz mal...deixe-a aberta...

(risada geral, mas se o gajo ia entrar já não entrou porque a janela foi mesmo fechada)
Sei que a outra musica é a tua preferida de todos os tempos (vá uma delas), mas ela está lá para o caso de voltares (é a segunda)...só mudei porque agora ando sempre a cantarolar esta...

segunda-feira, 17 de agosto de 2009

Apetece-me #2

Hoje apetecia-me uma taça de gelado assim como esta...apenas tirava as amêndoas e colocava nozes e caramelo...ou até podia ser chocolate.
Aí este calor está a dar comigo em doida...quero um tempo mais fresquinho...e quero dormir decentemente e quero as minhas férias rapidamente e quero tanta coisa que nem sei por onde começar...mas para já ficava feliz com o gelado (de outra marca que esta está longe de ser a minha preferida)...mas não pode ser.

O paraíso anda por estes lados....


Pois é...contaram-me que o paraíso anda para os lados de Vilamoura e que chegou em forma de praia...
Contaram-me (e de quem veio sei que é fidedigno) que ali para a praia da Falésia há umas festas 'sunset party' que estão cheias de gente bonita (gajos quero eu dizer)....
Qual Sasha Summer Sessions qual quê...se querem lavar a vista é fazer uma visita ali a Vilamoura...pelo que consta é ali que anda a cereja no topo do bolo e eu aqui tão perto ando a perder isso(lol)...
Há para todos os gostos e para todas as vistas....agora vamos lá ver...quem é que quer ir comigo???


Depois de uma coisa séria só podia vir parvoíce daqui...

sábado, 15 de agosto de 2009

Como o prometido é devido...




Como o prometido é devido cá está um post sobre e para ti no meu blog...
Isto não é nada fácil, escrever sobre uma pessoa em particular é como se estivesse a expor-me demasiado...e sobre a pessoa em questão mais difícil é.
Agora perguntas-te porque é assim tão difícil escrever sobre ti. É complicado porque tu és uma daquelas pessoas que sinto que não conheço verdadeiramente ( pelo menos é isso que sinto), és aquele tipo de pessoa que nunca sei o que esperar...que me confunde.
Enfim mas cá vai, ser teu amigo não deve ser tarefa fácil (digo eu)...um dia disseste-me não precisas de novos amigos, por isso estou naquela categoria dos conhecidos, logo aí torna mais complicado escrever sobre de ti...(lol)
A realidade é que só mostras o que queres e sei que és bem mais que isso, pelo menos é assim que ages comigo.
Logo ao escrever demasiado profundamente sobre ti estaria a especular e a fazer interpretações à minha maneira e ambos sabemos que não sou muito boa a fazer especulações, normalmente faço asneira, por isso vou tentar fazer a coisa assim de uma forma leve...
Tu és tu, sempre com muita energia (sempre com red bull por perto), sempre bem disposto (demasiado para que acredite que é assim que te sentes sempre), tens um sorriso fácil, um olhar misterioso (isso é que me confunde mesmo porque supostamente os olhos são o espelho da alma), tens a tua boa dose de arrogância (faz parte de ti, mesmo que te esforces a dizer que não), és demasiado exigente com as pessoas (parece que estás sempre à espera que faça asneira), és divertido, simpático (depende do nível de arrogância que tens no dia), atiras-me coisas (nem vou enumerar a quantidade de coisas que já me atiraste porque senão isto já não acabava, mas sei que é na brincadeira...ou será mesmo a sério???nunca tinha levado a serio...mas já não sei), às vezes acordas-me com sms sem piada nenhuma mas que me fazem rir (vá lá que acordo bem disposta),nem sei muito bem o que dizer porque tu és tu...aquele gajo lá no topo e que é mesmo difícil lá chegar...
Nunca conheci ninguém que me avaliasse tanto (avaliar não é o termo certo, porque o que tu fazes é enumerar constantemente o que tenho de mal) e que me compreendesse tão pouco. Digo branco e é como se dissesse preto, depois tu dizes azul e entendo como verde. Isso faz com que esteja constantemente a tentar fazer as coisas bem...mas afinal o que faço mesmo é asneiras (aqui só podes concordar comigo) e depois acabo por reagir à 'defesa'...o que tu consideras estar a ser irritante (lol, não me vou esquecer desta).
Acho que nunca nos entendemos muito bem (mas poderíamos com algum esforço) mas infelizmente acredito que nunca o vamos fazer...somos opostos e decididamente temos feitios muito diferentes. Porém vou continuar a nutrir um carinho especial por ti...sou assim mesmo.
Já te estou a imaginar a leres isto e a pensares com os teus botões... que te estou a mandar bocas e tal...mas quando é que tu vais deixar de levar tudo o que eu digo/faço a sério??? (já sei...fiz asneira outra vez)
Bem, já que estou a sentir que o feedback não será muito bom (as palavras não são o meu forte para me exprimir) concluo de uma forma simpática...és um gajo porreiro que me manda umas músicas fixes (como as que estão a passar), já me ajudaste numas cenas que precisei, já me fizeste rir, também já me fizeste chorar e por incrível que pareça fizeste-me acreditar que há coisas que não acontecem por acaso..., porém tens uns padrões muito exigentes para as pessoas que estão a entrar/sair da tua vida (acredito que deves ter motivos para isso, mas será matéria para outro post).
Em suma, isto és tu visto do meu ponto de vista...


Agora juntando o útil ao agradável...cá vai PARABÉNS, que faças muitos, que a felicidade seja uma constante na tua vida, que tenhas a força necessária para todas as adversidades da vida e que nunca percas esse sorriso maroto que tanto te define...



Beijinho fofo*


(garantidamente que há outros posts por este blog que falam de ti...)

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Já fazia era só um bocadinho de menos calor à noite para eu conseguir dormir....tenho muito sono...

quinta-feira, 13 de agosto de 2009

O cumulo da preguiça...

O cúmulo da preguiça é quando ando há 2 semanas a tomar banho de água quase fria (eu sou muito friorenta), até fiquei assim para o constipada (coisa normal também em mim), e que a única coisa que tinha a fazer era aumentar a temperatura no termoculador... agora que o fiz, começou a fazer muito calor...já sinto a água muito quente...mas aborrece-me ir descer a temperatura...
Oh God make me good but not yeat...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Sondagem

Caros leitores deste meu espacinho, esta sondagem surgiu de uma conversa lá no trabalho, quem me conhece já sabe que a minha opinião é contraditória com o que já fiz (e por duas vezes), por isso agora quero saber as vossas opiniões.
Se se quiserem exprimir mais do que o simples voto, ou se me quiserem contar alguma história sempre podem deixar em comentário...ou se quiserem mandar mail é só avisar que eu forneço.

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Dizer NÃO!!!


Tenho um (de muitos) defeitos que é não saber dizer Não.
Digo muitas vezes não, mas é da boca para fora, depois acabo por fazer aquilo que não queria. Nunca consigo dizer um Não firme, daqueles que nunca passa por uma dúvida.
Quando por vezes tem de ser um: 'não, lamento mas não posso mesmo.', fico a sentir-me mal durante dias por não ter conseguido fazer o que me pediam.
O que custa mais é quando reparamos que as pessoas abusam, no fim, vemos que andamos há demasiado tempo a fazer o que os outros querem e já nem sabemos o que nós queremos.
A partir de hoje: Não...não quero, não faço e não posso.

Viver o hoje da melhor maneira porque o amanhã é uma incógnita. E o não tem de fazer parte do meu vocabulário.

SW'09


Bem SW'09 acabou e nós estivemos lá para os últimos cartuchos...era assim que os nossos tennis estavam no inicio da tarde...mas no fim as cores não estavam definidas e estavam assim para o castanho. Pois...gostei daquilo, para primeira vez não foi nada mal...agora lamento desapontar o pessoal, mas realmente festivais não são para mim...
Festivais de acampar durante dias num descampado qualquer...sem as mínimas condições (refiro-me a duches de agua quente, muitas árvores para fazer sombra às tendas, casas de banho normais e não contentores, etc)...não são para mim...agora se houver um lugarzinho melhor para dormir, estou lá.
Sim, de há um tempo para cá fiquei assim com uns fricotes e há certas coisas que não combinam comigo, chamem-me menina de cidade ou o que queiram...mas para mim não dá.
Agora tenho de dar a mão à palmatória, aquilo é um ambiente de festa muito bom, talvez se não tivesse de conduzir de volta para casa e tivesse bebido uns copos, entraria mais facilmente no espírito da coisa, mas assim foi mais calmo, mas divertido na mesma.
Os concertos foram melhores do que estava à espera e diverti-me bastante...ganhei algumas coisas engraçadas que ajudam a recordar a coisa...e para andar carregada durante os concertos...

Agora um recadito às minha companheiras do festival...quando é que vamos lavar o meu carro??? Sim o estado em que ele ficou merece ajuda para ser limpo...de azul passou para castanho escuro...nada mal, até gosto de castanho. Já para não falar do tempo que levámos para o encontrar...é que quando saímos os carros eram todos iguais...vá não de forma mas de cor...

Agora sobre os concertos:

Gomo, o rapaz estava um bocado chateado por não estar no cartaz ou qualquer coisa do género...aborreceu um bocado estar às bocas com o publico.



Marcelo D2: pouco conhecia, mas é brasileiro e tudo o que é brasileiro leva as pessoas a dançar, saltar e rir...mesmo ao som do hip hop. Foi bacano.





Amy Macdonald: A rapariga estava mesmo nervosa, mas a meio já estava numa boa...o concerto até foi giro...portou-se bem, mesmo tendo um reportório pequenino de musicas.



Lily Allen: Bem a miúda estava on fire...mas alguma coisa andava a correr junto ao sangue dela...ou álcool ou outra coisa qualquer. Mas saltou, pulou, e fez o pessoal saltar ao som de Britney Spears (ahahahah, adorei esta parte...falam mal da britney mas era ver o pessoal todo a cantar e pular).



Basement Jaxx: Vá agora podem agredir-me...não vi...bazei para casa já estava morta e tinha alguns km até casa numa estrada cheia de curvas...ah e o pessoal também ia trabalhar de manhã...mas agora tenho pena de não ter visto :S



(tenho vídeos de todos, mas isto dá um trabalhão do caraças a pôr, por isso vejam as fantásticas fotos...lol)

domingo, 9 de agosto de 2009

Recebi o meu primeiro selo :D a dobrar

A Mariquita e a Li deram-me este presentinho que me faz lembrar caipirinhas mas como eu não gosto de cachaça...e tenho imaginação fertil imagino uma boa caipiblack...

Agora isto tem regras...o que torna tudo dificil...mas cá vamos:

*Exibir a emagem do selo - já fiz
*Postar o link de quem mo passou - já fiz
*Passar a 8 pessoas e avisar! - é dificil...vou-me repetir porque já vi para quem elas mandaram (eu sou uma cusca)...mas vou tentar (será que posso enviar a quem me enviou...não diz nada a respeito disso...e elas mereciam)

http://itgirlsdobairro.blogspot.com/ - X-Wife

http://aqui-tambem-hadetudo.blogspot.com/ - Kikas

http://diabodemulher.blogspot.com/ - Diabo de mulher (olha eu não consigo deixar comentários no teu blog, por isso se passares por aqui...é teu)

http://diariodeumcaranguejo.wordpress.com/ - Caranguejo

http://ironiasdeumavida.blogspot.com/ - Pikiii

http://umsopronocoracao.blogspot.com/ -

http://golddays.blogs.sapo.pt/ - golddays

http://naoqueirasfalardisso.blogspot.com/ - brokenheartgirl (também não consigo deixar comentários no teu blog, isto deve estar marado...já sabes se passares por aqui este selinho é teu)

Bem tentei não repetir a quem elas enviaram...porque pelos vistos andamos pelos mesmos blogues...
Adorei o meu primeiro selo...Obrigado...beijinhos fofos...que agora vou avisar o pessoal a quem dei o selo

sábado, 8 de agosto de 2009

Blind Dates

Pessoalmente a mim não me dizem nada. Talvez porque sou um pessoa difícil em dar com alguma facilidade. Blind dates é como se me estivessem a impingir alguém que não sei se quero ou não conhecer.
Prefiro coisas mais naturais, prefiro acreditar no acaso. Para mim não funcionam porque não sei fazer conversa de circunstância. Para me dar com alguém, primeiro oiço, tento fazer uma imagem da pessoa, perceber o que temos em comum e só depois tenho o chamado 'à vontade' com as pessoas. Para isso tudo, tenho que estar com as pessoas algumas vezes, ouvir bastante antes de me conseguir dar.
A isso chamo timidez, o que já me disseram que não tenho.
Mas na realidade sou e muito, de inicio gosto de ouvir para ter uma ideia se é alguém que realmente quero conhecer ou não.
Tem de haver empatia, tem de haver qualquer coisa, as coisas não são só chegar lá e já está. Por isso não contem comigo para coisas do tipo: 'Tens de vir e conhecer.' ou então, 'Conheci a pessoa ideal para ti.'. Nestes casos a minha resposta é logo: se é tão ideal para mim então fica tu com ele. E depois chamam-me arrogante a tal...

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Eu Vou!!!! #4

Já sei que estou a ser irritante (chamaram-me isto no outro dia) mas eu tinha de ir...e claro tinha que partilhar com vocês...



É a minha primeira vez e vamos fazer dela inesquecível, não podia deixar de ir...agora é de salientar que o resto do mês estou a pão e água...ou melhor só a água que o pão engorda...não há guito, entrei na ruína.


quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Escolhas


É tão fácil fazer a escolha errada, e tão difícil escolher que caminho seguir. Até já tenho medo de arriscar. Hoje dei mais um passo...só espero não me arrepender e ser a coisa certa que faço...ao menos algo que faça sentido.
Em breve conto aqui a minha nova aventura...das duas uma, ou vou adorar e conhecer uma nova faceta em mim...ou então vou detestar e será mais uma decisão errada que tomei.
Seja como for...já está...


A imagem foi retirada daqui

Festival Rock One'09

Agora vem a parte má...na minha singela opinião a organização não sabia bem o que era um festival...ou pelo menos isso me pareceu...
O espaço era assim uma coisa que não sei explicar...não achei nada de especial, ou seja, até estava um bocado mau...pois o recinto era um género de rectângulo e quem fica depois da barraca do som e das luzes já não consegue ver o palco todo (como podem ver na foto) mas também estava bem cá atrás, e quem ficava aqui não via mesmo nada...



Não havia praticamente lugares para se comer sentado ( em mesas), mas vá-la que o chão era alcatrão, por isso era só sentar no chão.
Casas de banho eram muito poucas e as poucas que haviam fizeram um rio de xixi (devia dizer urina, mas o xixi é mais simpático) pelo recinto.
Havia poucos lugares de venda para águas, pelo que percebi tinha umas 4 barracas para comprar senhas mas só um spot para levantar as ditas bebidas e se quissesse sumos teria de ir à box 14 ou 15, lado oposto só para esclarecer.
Durante o concerto de Klept andei a tentar comprar água, uma eternidade em filas, por isso não vi nada...mas ainda ouvi qualquer coisa.
Em James Morrison, já estava mesmo pouca gente, e depois de tocar a música mais esperada era ver muito pessoal a bazar.



Aqui fica um cheirinho da música mais conhecida dele...

Depois foi o bazar para casa...os GNR deviam estar marados porque fizeram-me dar uma volta enorme para voltar para trás...lá por uns montes escuros como o caraças e por uma estrada de porcaria...mas lá dei com a Via do Infante (A22 para os entendidos na matéria) e toca a acelarar para chegar a casa e dormir o sono de beleza...

Linkin Park


O concerto foi BRUTAL (adjectivo usado pela camada mais jovem mas o que melhor qualifica o concerto), único, fantástico, ADOREI...para mim um dos melhores concertos que já vi até hoje. Valeu a pena tudinho...nem tenho palavras para descrever o que se passou...
Fotos...bem a minha máquina é uma grande porcaria mas cá vai as únicas que tirei (pois tinha era que pular e cantar não é):






Depois há os vídeos que também não são muito bons (e agora vocês perguntam-se, se não são bons porque nos estás a maçar com eles??? Porque adorei o concerto...sim estou assim aparvalhada)













quarta-feira, 5 de agosto de 2009

Quantos são precisos.

Passei a noite em branco a ser picada por formigas... tive pesadelos com formigas....tive calor. Resumindo quando estava a dormir mesmo muito bem, tive de acordar.
Quantos destes vou precisar tomar para ter pica para os concertos???É porque se tomar em excesso não vou dormir nos próximos dias (já me aconteceu)...por isso não sei a conta certa.

Grito


O que é melhor:
  • questionarmos o porquê das coisas, enfrenta-las e dizer se gostamos ou não
  • guardarmos tudo para nós e ficarmos com as nossas interpretações


Ensinaram-me que devíamos ter cuidado com a frontalidade com que dizemos as coisas, mas que se há algo que nos magoa, o melhor é dizer e confrontar a questão. Agora digam-me lá o que é melhor?

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Apetece-me


Hoje queria uma caixinha só para mim...era pedir muito??? Mas não pode ser :(
Não é que alguma vez tenha comido Dunkin'donuts, mas eles têm bom aspecto.

domingo, 2 de agosto de 2009

A Sombra do Vento #3

O destino costuma estar ao virar da esquina. Como se fosse um gatuno, uma rameira ou um vendedor de lotaria: as suas três encarnações mais batidas. Mas o que não faz é visitas ao domicilio. É preciso ir atrás dele.

pág. 241...

A história do Julian Carax está a ser melhor do que eu esperava.

sábado, 1 de agosto de 2009

O amor

Passo a vida a ouvir falar de amor... oiço muitas pessoas a questionarem o que é o amor... e muitas pessoas que o procuram.
O amor, a ternura, a cumplicidade, a partilha, o desejo, a vontade, ...., é algo que não se procura, não se encontra...simplesmente sente-se.
E sente-se por quem??? Por tudo à nossa volta, pela família, pelos amigos, por todos aqueles que nos estão próximos (no coração).
Desde pequena (não que seja muito grande agora) sempre disse que para mim o amor é algo que não nos apercebemos na hora, é algo que cresce ao longo da vida, por isso nunca poderia dizer que amava alguém porque não sabia o que era isso.
Afinal o que é o amor???
É um sentimento de posse sobre alguém, é um querer, desejar alguém, é colocar alguém sobre nós, é dar a nossa vida por alguém...é o quê mesmo???
Porque para mim é evidente as pessoas que amo, a minha família (essa não tive escolha...foram-me impingidos e tem de ser [o tem de ser soa a obrigação e não sou obrigado a gostar deles, simplesmente gosto, fazem parte do que sou]), os amigos (aqueles que 'escolhi', que a vida [destino] pôs no meu caminho) e mais???
Não posso dizer que não amei mais ninguém, porque não sei...gostei de algumas pessoas (se gostei) mas (in)felizmente passou, acabou...a vida continua. Será que amei?
Sempre disse que só saberia quem amei quando estivesse no final da minha caminhada, (entenda-se caminhada por vida) mas quero saber agora. Quero saber o que é esse sentimento que move montanhas (mas não as minhas), que faz com que o longe pareça perto, que as diferenças não existam, mas que também pode acabar de um momento para o outro (como se vê pelo numero dos divórcios).
Gostava de acreditar que quem ama de verdade, ama para a vida.
Não é um papel que faz a diferença.
Gostava de acreditar no amor, naquele sentimento puro, belo, simples e único. Mas este mundo está demasiado preso a aparências.

Eu Vou!!!! #3

Lá vou eu ver os Linkin Park...estou em contagem decrescente.

Já tanta gente falou deles cancelarem, que se isso acontecer, acho que não venho escrever mais nada com a desilusão...lol

Vai ser lindo...mesmo.

A cor do bilhete não combina nada com a nova cara do meu blog... acho que vou ter de falar com os senhores para mudarem as cores dos bilhetes...acho que iria ter sucesso (sonhar não custa)
É oficial, sempre que começa um novo mês, fico sem palavras...não sei o que escrever.
A partir de agora vou andar sempre com um caderno atrás, porque tenho mil e uma ideias para escrever e depois quando chega a hora e me sento em frente ao monitor desaparece tudo da minha cabeça. Tudinho e fica um vazio...vazio, vazio também não, mas ficam umas ideias soltas...demasiado soltas para escrever algo com sentido.