Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2012

Dia Mundial sem Tabaco

Dizem que hoje, 31 de Maio, é o dia mundial sem tabaco. Hoje faz 5 meses e 1 dia que decidi deixar de fumar. Sinceramente tenho de admitir que não é fácil, há certos momentos que me apetece loucamente um cigarro. Que me apetecem aqueles 5 minutos em que era só eu e o cigarro. Mas a força de vontade de não querer voltar a essa hábito é mais que muita. E consegui convencer um amigo meu a deixar de fumar, então andamos sempre em cima uma do outro para não cairmos em tentação. Gosto, gosto muito. Agora só me falta a motivação para começar a fazer desporto.

Anatomia de Grey

Já deixei de ver há uma temporada atrás.Um dia talvez volte a ver outra vez. O que me aborreceu foi que sempre que alguém saiu da serie (excepto a Izzie) é porque morreu de uma forma demasiado parva e animalesca. Epah, já deixavam as personagens serem felizes para sempre num outro hospital longe dali. Já se fala na última temporada e acho que já está mais que na hora. Na minha opinião, quando a série começa a andar demasiado às voltas já aborrece. Acho que umas 6 temporadas são mais que suficiente, depois disso é só para encher chouriços.

Dos sonhos sonhados!

Eu sonho muito. Levo as noites inteiras a sonhar e na maioria das vezes lembro-me do que sonhei. Os médicos dizem que não é saudável sonhar tanto e lembrar-me de tudo assim, com tanto detalhe. Já me receitaram algumas coisas que experimentei mas que não consigo usar. Se tomar algo, fico com um vazio na minha cabeça e quando acordo não sei por onde andei. É como se tomasse uma droga e não me lembrasse de nada e é uma sensação horrível. Mas lembrar-me de tudo e viver tudo tão intensamente também não é de todo saudável. Acordo sempre super cansada e exausta. É como se a noite não me saciasse. Isto tudo para dizer que há duas noites atrás sonhei que estava em Nova Iorque, e lá andava eu por aquelas ruas todas. Nunca lá fui, mas o que vi em filmes e series e tantos outros meios de comunicação foram o suficiente para conseguir fazer uma reportagem na minha cabeça durante uma noite toda. Na noite passada, andei pelo Brasil. A cidade não sei qual era, mas andava em favelas e praias e boa vida.…

Das despedidas!

Não gosto de despedidas. Desde pequenina que as despedidas para mim são dolorosas e lavadas em lágrimas. Não consigo não associar as despedidas a algo eterno. É mais forte que eu. Sei que muitas vezes volto a ver as pessoas, mas é tão complicado que na maior  parte das vezes evito-as.
Sempre que me despedia dos meus tios que vinham de férias era uma autêntica guerra na hora da partida, com alguns colegas de trabalho foi o mesmo e continua a ser doloroso.  Hoje em dia, mulher feita e bem mais crescida, as despedidas continuam a custar horrores mas já não faço aquela choradeira de baba e ranho que quase alagava a cidade. Hoje, custa e dói, mas tolera-se e com a facilidade de comunicação proporcionada pela internet é diferente. Tudo isto para dizer que um colega meu se vai embora, a despedida dele é quinta num churrasco tipicamente brasileiro. A farra está garantida e as lágrimas também, pois este era daqueles colegas com quem valia a pena trabalhar. Dos poucos que trabalhava a sério e que…

Rock in Rio

Aqui estou eu, no conforto de meu sofá, a ver o concerto de Linkin Park. Ponderei tanto ir a este concerto mas devido à crise instalada na minha vida tive de declinar a ida. Arrependo-me tanto, mas tanto, agora. Adoro-os e agora podia estar a curtir lá enquanto estou aqui desolada a ouvir...concertos ao vivo são sempre concertos. Na televisão não é definitivamente a mesma coisa. Mas porque raio faço eu esta tortura a mim mesma?!? Estou aqui a roer-me porque estão a tocar as minhas preferidas de sempre...

Das pessoas.

Às vezes fico farta das pessoas. A parte má de trabalhar com muita gente é a de nos fartarmos. Temos de os ouvir e ainda temos que trabalhar por eles. Esta semana estou realmente esgotada e sem paciência para ouvir quem quer que seja. Desejando que chegue amanhã de manhã. Esta coisa da crise está a dar cabo de mim, redução de pessoal e mesmo trabalho mata e cansa psicologicamente (para não falar do fisicamente) qualquer um.

Banda Sonora #10

Não me sai da cabeça. Acho que sonhei em algum momento com esta música. E hoje ainda descobri que a música: É isso aí do Seu Jorge é uma tradução desta... quem é que plagiou quem?

Over the rainbow

E a manhã aqui por estes lados começou assim mesmo, com um arco iris muito giro. Enquanto caminhava para o  boteco para mais uma jornada, fazia sol e chovia ao mesmo tempo. A minha alma revigorou-se com esta chuva, as minhas alergias revoltaram-se e o meu corpo diz que quer ficar doente. Gosto deste tempo :)

A pedido de muitas familias!!!

Olha eu tão vaidosa!!!! Ah quem diga que sou da familia dos Cullen*

*Twilight

Eu vou!!!

Vá, admito, não vou correr mas vou fazer a caminhada de 8km :) e vocês? alinham?

Isn't enouhg!!

Sempre pensei que o 'I love you just the way you are' era suficiente. Afinal não é. É preciso muito mais, muito mais.

Bye Bye long hair

Cortei uns 15 cm do meu cabelo e é uma sensação tão boa :) O meu cabelo é tão fraco e tão fino que o ter muito comprido só me estava a fazer mal, por isso a minha cabeleireira preferida deu-lhe uma valente tesourada. Sinto-me tão mais leve... De comprimento está mais ou menos como o da foto, sobre a cor...hum, o meu é mais acobreado (nem sei se este termo existe).  Como costumo dizer, é cor de burro quando foge. Vocês sabem que cor é essa? é a cor do meu cabelo :)

Coisas boas da vida!

Hoje dei o primeiro mergulho do ano...e posso dizer que foi tão bom!!!

Também posso dizer que foi enrolada por umas três ondinhas mais doidas, que a agua estava fantástica e que não apanhei escaldão, bendito seja o protector e sombrinha de praia :)

Hoje virei-me para a pastelaria!

Apesar do calor que se faz sentir por este país fora, aqui na minha terriola está uma ventania que não se pode. Queria muito ir molhar os pés na água salgada mas aquilo mais parece um vendaval ali para os lados da praia por isso dediquei-me a fazer uns cupcakes* para adoçar a alma.  A receita é daqui...ainda não provei mas têm um aspecto caseiro e muito apetitoso. Mas a minha opinião é suspeita, afinal fui eu que os fiz :)
Aqui já cheira a verão... Cá me parece que amanhã vou molhar os pés na água salgada.
O que mais me aborrece é este calor vir assim de repente...podia ter sido gradual.

Eu!

Eu sou a minha pior inimiga. Tenho o dom de pensar que sei o que é melhor para mim e desse suposto melhor ser o pior. Tenho a capacidade de querer algo e quando obtenho já não quero porque já não me parece assim tão bom. Tenho a mania que controlo muito bem a minha vida, mas, infelizmente está toda descontrolada.  Só quero o impossível porque sei que nunca o vou ter e assim a probabilidade de me magoarem é demasiado reduzida, porque só eu é que me magoo e assim consigo controlar os estragos. Resumindo, sou uma parva. Um dia a vida prega-me uma partida e depois os estragos vão ser brutais.

Hoje, mas só hoje

Hoje estou feliz. Não tenho nenhuma razão especifica para tal. Simplesmente acordei de bem comigo e pronta para enfrentar mais um dia. Continuo sem tempo, continuo a correr de um lado para o outro e a precisar de descansar, mas estou feliz. Há muito que digo, o que um não quer, dois não fazem. Sem dúvida alguma que é verdade. Hoje estou feliz e é isso. Amanhã posso não estar tão feliz como estou hoje, mas ao menos estou de bem comigo. See you sonn.

Voltei!

Mais ou menos. Se pensam que só o Pingo Doce trabalhou ontem, estão enganados. Eu trabalhei tanto, mas tanto nos últimos dias que mais me pareceu um mês a passar que 5 dias.  A parte boa destes últimos dias foi que fomos ver a prova do vestido de noiva e adorei. Ela estava linda :) Agora vou-me despachar que ainda faltam uns dias para a minha desejada folga...em breve fico a par do que se passou nestes dias por este mundo virtual.