Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Abril, 2013

A geração do: Agora não dá!

Eu faço parte da geração do: Agora não dá! Não me venham com a geração rasca ou à rasca, para mim, é mesmo agora não dá.  Agora não dá para arranjar um emprego melhor porque nem os há, trabalhos alguns e mesmo assim está difícil.  Agora não dá para morar sozinha porque com os cortes de ordenado que venho a sentir há muito tempo e com os preços a subirem constantemente também não facilita. Agora não dá sequer para ponderar ter filhos porque a situação económica não permite e sempre disse que queria dar a um filho meu tudo aquilo que não tive.
Agora não dá para viajar, porque, além dos voos low cost facilitarem as coisas não posso ser sem abrigo para onde quiser ir. Agora não dá para fazer nada porque não há dinheiro no bolso. Simplesmente não dá para fazer nada além de sobreviver.

Uma bela caracolada à Algarvia

Um petisco bastante apreciado pela minha gente. Caracóis com o seu tipico tempero, pão torrado com manteiga e a bela da cervejinha bem fresquinha. Soube-me que nem ginjas, irra que precisava mesmo de um momento destes.

Das mudanças

Pior que mudar é não saber para o que se muda. As especulações são muitas, as perguntas são aos milhares, as respostas até agora são zero. Não é que não goste da mudança, não é que não compreenda, não é que não aceite. 
É só porque não temos respostas nenhumas e somos bombardeados com perguntas de todo o tipo.  Eu tenho inúmeras dúvidas na minha cabeça e não há ninguém que me responda e que me esclareça.
Se acho que o problema era não nos terem avisado mais cedo para nos prepararmos, agora acho que nos deviam ter avisado no próprio dia.  A minha cabeça está a mil, o meu cérebro está esgotado, preciso de paz e de respostas e por essas ainda tenho de esperar uma semana. Pior que mudanças é a espera e esta está a dar cabo da minha sanidade mental.
Ainda por cima quando cai uma coisa parece que o resto desaba também.

Multinacionais

É oficial, a partir de hoje faço parte de uma multinacional. Dizem que nada tem haver com a pequena empresa onde estava (se bem que estavam interligadas). Não sei que esperar, mas tenho aquele meu sexto sentido a dizer que não vai correr bem. Espero que desta fez esteja errado. Mas os meus sonhos continuam a crescer, continuo a lutar por eles e pode ser que me superem.

Gulodices #2

Este fim de semana foi para descansar e repor as baterias que isto não anda fácil aqui para estes lados. Experimentei esta tarte de morangos mas o recheio não ficou como eu queria, aquele tipo de doce com ovos, ficou mais género de pudim...mas quem provou diz que estava muito boa.

Eu devo ter um íman que atrai alcoólicos, só pode!!

Desde que me conheço como gente que não tenho paciência para alcoólicos. Logo em pequena não tinha a mínima paciência para bêbados, quando fui crescendo ainda fui perdendo mais a paciência. Lembro-me de em miúda detestar ter de aturar o meu pai nesses estados menos próprios de um pai. Depois, quando os meus pais se divorciaram e que obrigatoriamente passava os fins de semana com ele era assim algo do outro mundo. A minha irmã ficava na casa do namorado até tarde e eu tinha de aturar o meu pai, eram discussões horríveis  Eu não conseguia respeitar um homem que nem se aguentava nas canelas, era ela a gritar comigo e eu respondia do mesmo modo. Até ao dia em que no auge dos meus 16 anos liguei à minha outra irmã e disse-lhe: 'vem-me buscar que já não aguento mais isto'.  Tive um ano sem falar com o meu pai, não atendia telefone, não o ia visitar nada. Jurei a mim mesmo que bêbados nunca mais. Passado um ano achei por bem fazer as pazes com o meu pai, mas ele não mudou. O álcool …

Estou tão mas tão contente que não tenho palavras!!!

Os sonhos quando têm pernas para andar tornam-se realidade. Uma pequena brincadeira está a ganhar contornos maiores. Em breve tenho noticias fresquinhas e boas. Estou mesmo tão contente!!!

Eu tenho dois amores...

E não sei de qual eu gosto mais, mas tenho a certeza que o melhor a fazer é ficar longe destas tentações.

às vezes pergunto-me

Quando é que deixei de ser aquela pessoa meiguinha e sensível  Quando é que passei a achar que ser dura, insensível e forte era melhor que ser uma pessoa meiga e sensível. Se o fiz porque não queria ser magoada falhei redondamente, continuam a magoar-me e continua a doer. Se um dia perder esta carapaça será que gostam de mim da mesma forma?!?

Campanha de Incentivo à Leitura

A Estrelinha ofereceu-me este selo e eu apoio o incentivo à leitura. Adoro ler desde miúda  fiz imensas directas só porque não conseguia parar de ler certos livros. Hoje sou mais contida e admito que me distraio mais pela Internet,  a ver series e filmes do que a ler. Apesar de ler muito menos continuo a comprar livros e um dos meus sonhos de catraia (que espero realizar) é ter um biblioteca pessoal e poder dizer que li todos aqueles livros tal como aparecem nos filmes. Mas vamos ao que interessa, as regras são identificar quem nos nomeou e entre outros recomendar livros. Vou pular a nomeação a outros blogues porque acho que quem gosta de ler e de recomendar leituras deve fazê-lo de livre vontade.
Os livros que escolho são a trilogia de Stieg Larsson: Millenium. Simplesmente adorei e tenho muita pena que o escritor tenha falecido porque acho que dali viria algo ainda maior. Ainda posso dizer que lançaram edição de bolso destes livros ao que até ficam com um preço muito mais apelativo…

Quando os sonhos são bons e positivos sobrepõem-se às coisas menos boas que nos acontecem.

Acho que este ano só me tem acontecido coisas menos boas, mas eu sou teimosa e vou continuar optimista. Comecei 2013 a pensar que este era o tal ano e aconteça o que acontecer eu vou acreditar que este será o tal ano até aos últimos segundos do dia 31 de Dezembro. 
Eu continuo a sonhar e sei que se fizer acontecer, acontece. E pode correr bem ou mal mas há-de correr de alguma forma.

A família cresce do outro lado do mundo!!

O meu primo teve um filho. Fico feliz. Apesar de ter pouco contacto com a família lá daquele outro lado do mundo fico feliz pelos ganhos e triste pelas perdas. Hoje foi um ganho, tenho mais um primo que possivelmente só irei ver quando for grande, mas que seja muito bem vindo!!!

Aqui deste lado

Sonha-se. Sonha-se muito. Novos projectos e novas aventuras. Vamos torcer para que tudo corra bem, please. Só desta vez. É um sonho pequenino mas que se pode tornar grande e eu gostava muito de o ver nascer. Eu só preciso que algo corra bem.

Abril águas mil...

Que Abril seja um mês positivo. Para já temos muitos planos, muitos desejos para este mês :)