Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2011

Adoro...

...gelado semi derretido. Assim quando já está quase liquido e quase que tem de se beber mas que continua geladinho...sabe tão bem e com este calor é só o que me apetece...

Desculpem lá ficar indiferente...

...mas não consigo entender toda esta coisa à volta do acidente do Angélico. Já quando foi o Dino foi a mesma coisa. É preciso tanto?!? Sei que a família deve estar a sofrer horrores mas não precisam de tirar proveito disso para fazer noticia.  Acidentes parvos e estúpidos acontecem todos os dias por causa de condutores inconscientes ou por pequenos azares que podem acontecer. Há pessoas que nem resistem ao acidente outras que ficam com mazelas graves para o resto da vida. Se ninguém ficou triste com as perdas que eu já tive, não me peçam para andar aí a chorar ou a lamentar a perda de uma grande estrela.  Sei que é egoísta da minha parte mas para mim nem me aquece nem me arrefece. Passa-me ao lado. E depois de saber que iam sem cintos de segurança e sem seguro ainda mais.  Eu ando num carrito pequeno, com seguro em dia, com revisões em dia e quando me ia espetanto a sério, que tive uma sorte do caraças e que nem foi por condução negligente o que me disseram foi: A culpa é tua, devias te…

E a saga continua

E já estou a ler o terceiro e último livro do Stieg Larsson. Cada vez mais, acho que este senhor tinha o dom da escrita e para mim foi uma pena aquele ataque cardiaco lhe ter levado a vida. Ele tinha pensado escrever 10 livros com a fantástica história de Lisabeth Salander.  Recomendo vivamente a quem gosta de ler este misto de policial que para mim é fantástico. Para já estou a adorar, simplesmente divinal :)


'A vingança é uma força poderosa'

Em tempos de crise...

...e de apertar o cinto, temos de nos ajustar à situação. Assim sendo, tive de cortar a ida à nutricionista e também não dá para ir pagar uma mensalidade de 40€ no ginásio. Então resolvi dar uso às coisas que fui comprando ao longo dos anos e que nunca utilizei. Cheguei à pequena conclusão de que tenho um mini ginásio em casa. Mesmo mini, mas é composto por uma bicicleta, um step, uma bola de abdominais e flexões e de tantos outros exercícios, pesos e ainda uma corda. Descobri a grande custo que já não sei saltar à corda :( mas com o tempo iremos lá :). Ah, não esquecendo, que tenho uns bons lugares para fazer caminhada (quiçá corridinha) perto de casa. Resumindo, o plano é conseguir tonificar um pouco as minhas banhas e perder 5kg até ao final do verão. Sim porque os benditos kg que perdi com a dieta já se voltaram quase todos e é tempo de mexer o rabo. A ver vamos se vou conseguir seguir o plano a que me propus. Torçam por mim!

Vamos lá pôr os pontos nos i's

Realmente, só me dou às pessoas erradas. Quer dizer, aquela máxima do:' Não come nem deixa comer' é uma realidade na minha vida. Depois de ter perdido 4 anos da minha vida a dedicar toda a atenção a um sacana que afinal não queria nada comigo mas que lhe sabia bem ter ali a parva disponível para tudo, agora vem mais um pensando que faz de mim o que quer e lhe apetece. Este meu lado de querer deixar sempre todo o mundo contente e feliz e só depois é que estou eu, já era. Ficou lá para trás. Continuo a ser boa pessoa, mas a parva já não existe. Falam e dizem o que querem de mim, mas, quando precisam vêem bater à minha porta quando lhes apetece e lhes dá jeito só porque nunca lhes viro as costas. Oh gentinha abusada. A única dúvida que persiste neste momento é se mudo de número de telemóvel ou não. É que eu posso apagar os números que quiser, mas se as outras pessoas em causa não apagam o meu número de nada me serve.

Rendi-me...

...aos telemóveis touch screen. Ou então é amor de pouca dura. Para já estou a adaptar-me muito bem a esta coisa. Eu que pensava que não ia ter jeito nenhum para a coisa. Estou a surpreender-me e a única coisa que posso dizer é: 'Que saudades tinha eu do software da Nokia. Oh coisinha simples :)'
E pronto, este é o meu novo amor, baratinho que é como se gosta.

A vida é como um livro...

...chega sempre a hora de virar a página e seguir em frente.

A época balnear começou

*
E com isso começou a saga dos protectores e dos bikinis, as preocupações de todas as banhas a saltarem e da celulite e da casca de laranja, etc e etc... Também começaram os mergulhos na água fria, a areia na toalha, as tardes passadas na tagarelice ao sol, as melhores sonecas de sempre, os semi escaldões, as bolas de berlim... e tanta outra coisa. Eu gosto de Verão e adoro os dias de praia :)
* reparem no pequeno detalhe, a sombrinha ainda tem a etiqueta de compra...isto é mesmo à pobre.

Sou lamechas, e daí?

Pois é, sempre me rotulei de insensivel e durona. Mas e não é que, ultimamente, tenho dado mais atenção ao meu mural do Facebook e mesmo aqui do boteco e vejo que afinal sou uma lamechas em fase de reconhecimento. E não, não é o amor nem nada que se pareça. Simplesmente sou assim, uma lamechas. Mas ainda não cheguei à fase de chorar com livros e no final dos filmes...mas cá me parece que essa também chegarei a essa fase ;P

Rir

Hoje vi um pouco do noticiário da noite. Normalmente, estou a trabalhar a este horário, mas, hoje estava numa festa de crianças demasiado barulhentas para conseguir perceber muito do que se passa no mundo. No entanto, apanhei um pouco de uma daquelas reportagens de domingo à noite. O tema era: 'rir é o melhor remédio'. Acredito, sinceramente que sim. Eu, pelo menos, acho que o riso é contagioso e quanto mais se ri, mais vontade temos de rir.  No entanto, a cada dia que passo vejo menos pessoas com vontade de rir. Menos pessoas que façam as outras rir. Rir é urgente e é saudável. Pelo que me apercebi é mesmo o remédio milagroso  para uma catrefada de doenças. Por isso, vamos lá pessoal, sorrir mais vezes, rir de tudo e de nada é uma forma de ultrapassar o que nos corre mal e quiçá fazer com que as coisas pareçam mais fáceis. Eu quero rir mais, quero que me façam rir. Quero encarar isto tudo da melhor forma possível e simplesmente viver.

Eu sinto. E vocês?

Ás vezes não sei bem quem sou ou o que quero fazer. Se o que faço é correcto ou incorrecto. Mas tudo isto tem dias. Hoje sei bem o que sou e o que quero.Amanhã não sei se será assim tão simples. Mas por agora o que quero é ir para a praia escarrapachar-me ao sol, por isso... Até Jáaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

Há coisas sem explicação...

Não gosto nada de coco ou de alimentos que levem coco, mas adoro Pão de Deus (é como se chama aqui na terrinha) com queijo. É de bradar aos céus :)

It's too hard

Todos nós atravessamos fases mais complicadas que outras. É algo natural do ser humano. Nem sempre se está em cima e também nunca se está constantemente na mó de baixo. Naturalmente, sou igual a tantas outras pessoas, a minha vida corre conforme as escolhas que faço e infelizmente, muitas delas são erradas e acabo por me dar mal. Mas isso faz parte do todo que é a vida. É isso que nos faz ter força para continuar a lutar e encontrar o caminho certo. Mas por vezes não é fácil seguirmos o caminho certo, continuamos a fazer asneiras atrás de asneiras. Por mais que nos digam para não fazermos isto ou aquilo, pessoas como eu, acabamos por fazer porque temos que viver a experiência para tirarmos as nossas próprias conclusões. Sempre fui assim, por mais que me dissessem que se escolhesse este ou aquele caminho, a caminhada seria mais difícil e complicada de finalizar. Que o mais provável era perder-me pelo caminho, era mesmo esse que eu escolhia. Sempre fiz as escolhas mais difíceis, os caminho…
Eu e a mania que tenho de salvar tudo e todos neste mundo ainda nos vamos dar mal, ai isso é que vamos. a rua não está para brincadeiras...

Nós as raparigas, ou só eu!!!

Falo de mim em particular, porque eu sou assim. Faço uns filmes do caraças e meto-me neles. Pensamos sempre as coisas mais estapafúrdicas, pensamos sempre que eles estão diferentes e que foi algo que nós fizemos. A nossa cabeça faz logo inúmeros filmes. Na verdade, eles não estão nem aí. Para eles é tudo tão simples, mas tão simples que é isso mesmo que me faz confusão. Depois fico a pensar e pensar e a fazer filmes e no fim não é nada. Nunca é nada. Olha, já nem quero saber. Desisto!

think I don't care, but I care

Uma coisa chamada de TAG (antes eram desafios, agora é isto)

O Besta Artista passou-me este TAG e por isso cá vai. Como é óbvio não deixa de ter regras e eu vou tentar cumpri-las...
1. Divulgar quem vos passou a TAG 2. Postar 10 fotografias das 10 coisas que vocês mais gostam 3. Passar a TAG a 10 meninas/os, e notifica-las. A família, sem dúvida alguma são o meu pilar e sem elas por perto não sei o que seria de mim  As minhas amigas e os meus amigos. Arrisco a dizer que são os melhores do mundo e que na maioria das vezes não lhes dou ouvidos as vezes suficientes mas sei que estão lá sempre que precisar ou mesmo que não precise :)
 A minha praia, a praia de todos. 
Ler, adoro ler. 


Dormir e sonhar...

Escrever, mesmo sabendo que dou muitas calinadas

 Bolos e bolinhos, chocolates e chocolatinhos, gelados e tudo, tudo :)

Sapatilhas, quanto mais confortáveis melhor.

Andar de mota, LOL

Não podia faltar, música e cinema...mesmo sem perceber de nada tenho os meus gostos e sem eles não vivo.

 E pronto já cá está mais um pouco sobre mim. Quem quiser pode levar a idei…

Hoje é o dia:

A vida é tal como é. Algumas coisas são como são simplesmente. O mais provável é que um dia (até pode ser amanhã) tenha um pensamento mais negativo e ache que tudo é injusto, mas até lá, vou deixar a corrente me levar e até pode ser que vá ter a um bom porto :)