Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2011

Desejos para 2012

Não sou de muitas expectativas de ano para ano, mas começo a achar que já era tempo de as coisas começarem a correr bem. Por isso, para 2012 quero sorrir mais, viver mais, conseguir mais :) ambiciono o mundo!!! ;P

A todos vós desejo que o melhor de 2011 seja o pior de 2012... divirtam-se por aí e cuidado com os abusos.

Todos os anos por esta altura é mais do mesmo.

Todos os anos por esta altura tenho que gritar aos sete ventos porque raio a passagem de ano não me interessa, não me fascina e não é a minha preocupação principal.  Sinceramente, nunca foi uma data que desse muito valor mas de há uns anos para cá ainda dou menos valor. O meu pai faleceu há exactamente 11 anos, e por mais que sinta que consigo viver com isso (ainda mais com a relação problemática e distante que tinhamos) neste dia vou-me abaixo.  Neste dia fico sempre com aquela sensação de vazio, de que podia ter feito mais e melhor, que devia ter estado lá...sei que não podia fazer grande coisa mas é a sensação mais frustrante que podemos sentir depois de alguém partir. A maioria das pessoas não entende ou não quer entender e sinceramente isso já não me incomoda. Simplesmente hoje não é um bom dia para comunicar comigo... Amanhã, bem amanhã veremos. De certeza que não vai faltar o jantar com saborosas coisas para me deliciar, uns copitos de álcool , alegria, risos e festa mas hoje...hoj…

O último dos intes...

Epah já passaram quase três décadas e pimba nada é como pensava que ia ser. Mas é a vida e cá estou pronta para arrasar com este ultimo dos intes e tentar entrar nos intas com energia, pensamento positivo e sendo uma melhor pessoa todos os dias :) Assim sendo, parabéns pra mim!!!

Feliz Natal!!!

Desejo a todos vós um Bom Natal cheio de alegria, felicidade e saúde e com todos aqueles que são mais importantes para vocês... Beijinhos e muitas prendinhas no sapatinho!

Olha o Natal já aqui tão perto!

E eu já fiz quase tudo o que tinha de fazer. Já comprei as prendas, já entreguei algumas e já enviei os postais do postcrossing (foram ontem por correio azul...espero bem que cheguem a tempo e horas). Agora só faltam mesmo as sobremesas para a noite da consoada (mas essas só sábado de manhã) e já está Será só a mim que me falta totalmente o espírito natalício?!?

'A' música de Natal ;)

A partir do momento em que começo a cantar esta música é sinal que o natal está a chegar. O esprírito natalicío, esse mistério, ainda não assolou a minha alminha mas quando começo a cantar isto é sinal que a parvidade atingiu o seu auge. O filme é memorável e esta música é para sempre...
I feel it in my fingers, I feel it in my toes, Christmas is all around me, and so the feeling grows...

Às voltas com o coco

Quem me lê deve pensar que estou doidinha, que desta é de vez. Supostamente não gosto de coco, mas ofereceram-me um caixa de Rafaello's e claro que ando a comê-los. Mas já descobri o meu problema com o coco. É simples se for tipo quase em pó, que não sinta aqueles bocados de coco nos dentes é muito bom...por isso posso dizer que o recheio é bom mas que a cobertura (que me faz lembrar chocolate branco e não é) deixa muito a desejar...Alguém é servido?

Da amizade II*

Opah, não ando por aí a pensar que não tenho amigos e que sou uma infeliz. Não ando a dizer que aqueles que são meus amigos de verdade não o são. Sei que o são, sei que estão ali para o que der e vier obviamente.
Mas todos temos dias e dias. E há dias em que precisamos mesmo de ter aqui ao nosso lado a dar a mão quem sabemos que não pode estar e nesses dias a coisa complica-se.
Sei que não sou invisível nem transparente mas a amizade nem sempre é fácil e por vezes não estamos como queríamos estar.
E depois é Dezembro, aquele tal mês que eu abolia do calendário de bom grado...enfim, ainda faltam duas semanas de sentimentos contraditórios, de situações boas e outras esgotantes e infelizmente de mudanças drásticas de humor. Não sou uma pessoa fácil e em Dezembro muito menos...

*esclarecimentos ao post anterior

Da amizade

A amizade tem muito que se lhe diga, oh se tem!!!
Por vezes sinto que nem amigos de verdade tenho, está tudo tão longe que é como se eu fosse transparente, não interessasse...
O problema é meu...eu sei!

O S. Pedro e eu!

Ainda ontem, quando me deitei, pensei cá com os meus botões:' Há séculos que não há uma daquelas noites de chuva e frio comigo aqui no quentinho.' Pois bem, o S. Pedro com medo que eu entrasse em depressão pelo bom tempo que tem proporcionado aqui pelos Algarves resolveu mandar chuva a potes esta noite e logo quando estou a sair do trabalho sem um chapéu de chuva ou algo que se pareça com isso. Resultado, cheguei a casa num pingo e agora só penso:'Oh S. Pedro não podias ter esperado mais uma horita, não???'

É oficial!

A Rita Pereira diz mesmo 'inteiralmente' numa publicidade.
Uma vez que ela é que é a estrela, das duas uma, ou eu é que sou burra pois não conheço nem nunca ouvi essa palavra, ou então, sou surda e continuo a não ouvir bem.

Hoje é noite de festa!!!

Começo a achar que realmente estou a ficar velha!!

Há pouco, quando estava a sair do boteco onde trabalho, estava também a sair umas das miudas que lá trabalha que por acaso é quase minha vizinha. E eu na boa fé, perguntei-lhe se vinha para casa que assim faziamos companhia uma à outra. Quando ela me responde: 'para casa eu!!! tás mas é maluca, nem parece teu de ires para casa. vou mas é sair que tenho idade para isso não para estar em casa...quando for velha logo fico em casa.' Ou seja, indirectamente chamou-me velha porque eu disse que vinha para casa sentar-me ao pé da salamandra no quentinho...é triste eu sei, mas sabe tão bem!!!

Quem te avisa teu amigo é!

Há pessoas que não valem o ar que respiram é um facto. Também é um facto que tenho a mania que devo ser um tipo qualquer de Madre Teresa de Calcutá e que vou salvar todos de um mau caminho. É verídico, não consigo salvar ninguém. E também já perdia esta mania de vez, não consigo salvar ninguém e muito menos eu. Esta coisa de tentar ajudar os outros a superarem os problemas deles faz-me esquecer os meus, pô-los em segundo plano. Quem se lixa sou eu, sempre eu! I'm sick and tired :'(