Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2011

E a escolha foi:

A escolha era variada mas tinha de começar e foi este o escolhido. Oferecido pela minha rica sobrinha :), até agora estou a gostar. 

O primeiro amor pode matar…
Durante a adolescência, Poppy Carlisle e Serena Gorringe foram as únicas testemunhas de um trágico acontecimento. Entre aceso debate público, as duas glamorosas adolescentes viram-se a braços com os tribunais e foram apelidadas pela imprensa de “As Meninas do Gelado”. Anos mais tarde, tendo seguido percursos de vida muito diferentes, Poppy está decidida a trazer ao de cima a verdade sobre o que realmente sucedeu, enquanto Serena, esposa e mãe de dois filhos, não pretende que ninguém do presente desvende o seu passado. Mas é impossível enterrar alguns segredos – e se o seu for revelado, a vida de ambas voltará a transformar-se num inferno…
Emocionante e enternecedora, esta história fará com que nos perguntemos se alguma vez poderemos conhecer verdadeiramente aqueles que amamos.

Heart beating

Haverá algo melhor que o nosso coração bater no mesmo compasso que o de outra pessoa. Mundos diferentes, pessoas diferentes mas o bater do coração igual. Há pequenas coisas que fazem com que o mundo seja nosso, que o tempo para e que simplesmente se ouça dois corações a bater no mesmo compasso.

Banda sonora do dia 1#

Todos temos dias em que o sol pode brilhar lá fora mas que isso não é o suficiente...

ás vezes sinto uma dor tão grande, mas tão grande, cá dentro que só passa se chorar...mas é tão difícil chorar...

E este ano foi assim (foi no ano passado e há 1 mês e 1 dia mas só agora é que passei as fotos para o pc)

Estas foram as minhas prendinhas de aniversário, o meu problema agora está em saber qual vai ser o primeiro livro a ler...

A prova dos 9

A prova dos 9 foi superada com algum êxito. O chão tremeu mas não fugiu debaixo dos pés, no momento em que pensei que os meus joelhos iam perder a força, em que o meu coração ia saltar do lugar, em que as borboletas voltariam a atacar...nada, ou quase nada ocorreu. Na realidade o coração bateu por instantes de uma forma descompassada e apressada mas numa questão de momentos tudo voltou ao normal. Aquela sensação de contos de fada cheios de amor e paixão foram substituídos por uma sensação de vazio e irritabilidade. Sei que não devia ser assim mas no preciso momento não consigo simplesmente esquecer tudo e seguir em frente como se nada fosse. Tenho cá para mim que isso é coisa que vai levar algum tempo até ao dia em que realmente cair no esquecimento...

Selos em atraso...mas mesmo em atraso!!!

Em tempos a Jane do blogue Não se escreve só em livros (...) deu-me este pequenos mimos que deixei arquivados para mais tarde os colocar aqui mas fui-me esquecendo (esta minha cabeça já não é o que era) mas no outro dia deram-me mais uns quantos e eu lembrei-me destes por isso cá estão...
Bem não é que devore cultura por aqui mas ao menos escrevo parvoices que aliviam o meu ser e há sempre alguém do outro lado para ler...


Responder: M. o que o mar te faz sentir? Paz de espírito e sossega-me a alma A. o que achas sobre o mar? acho que o mar é um purificador de estados de espírito, pelo menos para mim é R. o que significa o mar para ti? para mim é como se fosse um ponto de equilíbrio, por isso não posso estar muito longe dele...

Responder às seguintes perguntas: Por onde gostarias de viajar? Cuba, Nova Iorque, Itália, Suíça, Londres, Barcelona, Dublin, simplesmente gostava de conhecer o mundo... E com quem? Amigas e amigos, irmãs, eventual namorado que se possa ter...boas companhias xD

1. Qu…

Não podia deixar de falar disto

Português que se preze é sempre igual, queixa-se, queixa-se mas depois acaba por fazer mais do mesmo. Digo isto porquê, porque já não posso ouvir nem ler piadinhas sobre o Sócrates porque falam mal mas foi nele que votaram novamente. Agora, desta vez foi com o amigo Cavaco...mal por mal então ficamos mal. Não votei em nenhum dos dois mas isso sou eu, agora pelos resultados tanto de umas eleições como de outras vê-se bem em quem o povo português votou mas depois andam aí a queixar-se dos políticos. Compreendo que cada qual tem a sua maneira de votar e toma as suas decisões mas já decidiram e agora não há nada a fazer, aguentem-se com ela. Só não sei é como vou fazer durante mais 4 anos...é que a voz do nosso presidente da República dá-me calafrios, assusta-me...o homem tem voz de pessoa maléfica. A mudança começa em nós e se nós deixarmos estar as coisas assim vamos contribuir para o país afundar mais...mas também tenho que admitir a coragem de novos candidatos em se candidatarem...como…

Como é que vocês têm paciência?!?

E já lá vão 2 anos de desabafos... Tinha pensado que ia escrever um texto todo catita para 'comemorar' este aniversário mas a minha inspiração anda pelo rua da amargura. Não quero falar de mortes e nascimentos e nem de coisas que não percebo nada. Não me apetece falar do que sinto ou do que vivo. Não sei o que quero e o que não quero. Viva as crises existenciais e os dois anos de blogue. Que venham mais uns quantos :)
Penso que já disse por aqui vezes sem conta que sou uma pessoa que ou é tudo ou nada, não gosto de meios termos e nem de andar às voltas com as coisas. Ou é ou não é.  Neste momento sinto que estou mesmo a meio termo. A vida tal como ela é, estacou. Ficou mesmo a meio e não ata nem desata. Sou uma insatisfeita por natureza e já há algum tempo que me sinto neste impasse. Há alturas em que consigo superá-lo e aproveitar tudo o que a vida me oferece e tem outras vezes que me deixo cair no fundo do poço e não há nada nem ninguém que possa fazer nada para me levantar. Tudo depende de mim, das minhas escolhas e das opções que tiver. Ninguém disse que viver a vida era fácil, mas por vezes podia ser só um bocadinho mais fácil. Ou então até o é e eu complico só um bocadinho mais. Talvez se fosse mais fácil também não tivesse piada. Um dia de cada vez, essa é a escolha.

Vicios e pancadas...

...leite com chocolate, sempre adorei e pelo andar da carruagem vou continuar a adorar. Nada melhor que um Ucal ou um Vigor, ou um simples leite com 2 colheres de Nesquick. Agora no inverno o meu vicio é sem duvida um Ucal aquecido e sabe tão bem... O melhor disso é que o cheirinho do Ucal aquecido faz-me lembrar um dos cheiros da minha infância quando ia passar uns dias ao monte na casa da minha segunda mãe...sempre que tiro o copo do microondas sorrio por isso me fazer recordar esses tempos e essa pessoa tão marcante na minha vida mas que há tanto tempo me deixou :(

Acho-lhe piada...

para quem não sabe quem é, é o Justin qualquer coisa... daquela série The Hills que passava na Mtv. As coisas que eu descubro...

Apetece-me!!!!

Quem quer ir comigo comer o swirl que a rádio comercial tanto publicita e que leva brownies e morango e sei lá...só sei que cada vez que eles falam daquilo é ver-me a babar com vontade de comer um. Agora vocês não vão acreditar mas aqui, na minha cidadezeca não há uma loja da Olá com os fantásticos e maravilhosos Swirl. Quem quer ir comigo à Guia comer um????

Ainda não sei se quero ou não...

...mas entretanto vou deixando alguém entrar na minha vida. Alguém que me procura, que quer estar comigo, que me mima, que quer saber, que se preocupa. Mas ainda não sei se realmente quero que esse alguém entre na minha vida ou não :S

Qualquer coisa do género:

'Se Maomé não vai há montanha a montanha vai ao Maomé'
Pois bem, inspirando-me neste velho ditado popular eu mudei o trajecto que faço para o trabalho, isto porque se não consigo arranjar um novo, melhor, aliciante emprego, se tenho de me contentar com o que tenho ao menos faço um trajecto novo para ver caras novas... e sempre é mais saudável que passo em zonas mais verdes e calmas.

A pensar com os meus botões...

...não entendo porque é que há certas pessoas a terem filhos. Não estou a descriminar ninguém, não estou a dizer para fazerem abortos, só não entendo o porquê de trazerem um ser humano ao mundo se não o desejam, se não querem saber, se não se importam, se não lhe dão amor e carinho, se não lhe transmitem bons princípios e ideais. Depois essas crianças é que são rebeldes e arruaceiros e gostam de armar barraca, ainda muito bons são eles vindo do lar onde cresceram. Há coisas que me ultrapassam...


ainda eu me queixo da minha vida!!!

a Gaja e os saldos

Normalmente já sou uma esquisita de primeira com a roupa, e este ano para não andar a estourar dinheiro antes dos saldos a comprar aquelas coisas que gostava pensei em esperar pelos saldos, pois, sempre poupava uns euritos. Não foi nada disso que aconteceu, nada do que eu andei a namorar está nas lojas. Qual não foi o meu desgosto que, quando andei a correr as lojas a fundo, não encontrei nenhum daqueles trapitos que tanto andei a mirar e experimentar antes do Natal. Se já tinha uma opinião formada sobre os saldos essa mantêm-se. É que lia as meninas aqui falarem das grandes compras de saldos e afins e resolvi dar uma hipótese aos mesmos e nada feito. Nem um saco com roupa nova, só se safou foi o dinheiro que ficou na carteira. Estou triste pah não é de todo justo :(

Fazem cócegas mas sabe bem :)

Eu quero muito...

um gatinho destes...

Há falta de inspiração cá vai mais disto

Ideia retirada do Devaneios Infundados e do Crises da Idade. Se mais alguém quiser responder é só copiar e já está :)

QUAL FOI A TUA: 1. Ultima bebida: coca cola zero 2. Ultima chamada telefónica: oh!!! isso agora não digo 3. Ultima sms: da minha mana Sandra 4. Ultima musica que ouviste: Just the way you are - Bruno Mars 5. Ultima vez que choraste: 02/01/2011
ALGUMA VEZ: 7. Foste traído: dizem que não mas quase que aposto que sim, pelo menos na altura senti como se fosse uma traição 8. Beijaste alguém e arrependeste-te:não 9. Perdeste alguém especial: Sim, já perdi algumas pessoas especiais na minha vida 11. Estiveste bêbedo e vomitaste: umas quantas vezes mas não me orgulho disso, no dia a seguir é que custa
LISTA TRÊS CORES FAVORITAS: 12.Laranja 13. Roxo 14. Castanho
O ANO PASSADO TU: 15. Fizeste um novo amigo: amigos e amigas, conheci pessoas espectaculares 16. Ficaste caído de amor (apaixonaste-te): Estava qualquer coisa assim do género mas acho que não acabei o ano apaixonada...vou descobrindo iss…

Eu já votei e vocês?

Não é por nada assim muito importante mas achei piada a esta votação, a melhor música dos últimos 10 anos. Já votei e admito que me foi difícil só escolher três músicas em alguns anos mas como têm de ser só três por ano lá fiz o esforço. Também faltam muitas outras músicas, mas entre aquelas já lá estão já me é dificil escolher quanto mais... se tiverem um tempinho livre vão lá e votem...

Hoje!

Hoje apesar da chuva o sol brilhou no meu dia. Apesar do vento e da trovoada senti aquela paz interior. Senti que aos poucos e poucos a minha vida segue em frente e que já não faz sentido.  Agora sei que o meu coração já não vai parar e que ele não vai reparar, porque no fundo ele nunca olhou duas vezes na minha direcção.
Tenho medo que o chão me fuja debaixo dos pés na hora H mas neste preciso momento estou confiante e sei que passo a passo, dia a dia vou conseguir encontrar o meu equilíbrio, nem que para isso tenha que mudar muita coisa na minha vida.
Começar do zero não é impossível, só dá algum trabalho.


So tell me when you hear my heart stop,
You’re the only who knows
Tell me when you hear my silence
There’s a possibility
I wouldn’t know

post em tempo real

Neste momento estou no sofá a ouvir a chuva, enrolada numa manta e com o pc nas pernas. Aborrece-me ir para a minha cama grande, vazia e gelada sozinha por isso acho que vou pernoitar no aconchego do meu minúsculo sofá...

Um misto de confusão

Sabem quando, ao longo do dia, queremos tanto receber aquela sms e quando a recebemos já não sabemos mesmo se a queremos ler ou não? A modos que é isso, só sei que nada sei e nem sei se quero saber.

não sei qual me apetece mais...

...mas acho que estou capaz de devorar uma embalagem de cada. 

Alguém se quer juntar a mim?

As pessoas mudam...

... quando estão atrás de um monitor e a escrever em vez de falar.  Há pessoas que quase que nunca ouvi a sua voz mas que quando estão do outro lado falam como se não houvesse amanhã. Apesar de isso ser positivo também tem a sua parte negativa, pois dá a sensação que algumas pessoas já não sabem conviver com outras de uma forma mais pessoal e mais intima.

Vocês não sei, mas eu...

...detesto que me dêem musica quando lhes ligo. Aquelas músicas que tocam incansavelmente até que a respectiva pessoa atenda o telefone. É que há músicas que até se vão ouvindo, mas por sua vez há outras um tanto ou quanto irritantes que já não tenho paciência e começo a preferir não ligar às pessoas em questão.

Nesta passagem de ano...

...não sei se entrei com o pé direito ou com o esquerdo, não comi as passas, não ouvi as doze badaladas, não vi o fogo de artificio, não chorei, não estreei umas cuecas azuis, não fiz promessas, não fiz planos, não brindei, não mudei nada e simplesmente vivi, sorri, diverti-me e aproveitei. E como não sou nada supersticiosa sei que isso não fará com que nada seja diferente, melhor ou pior...simplesmente vou viver mais um ano e tentar proporcionar a todos aqueles que gostam de mim bons momentos e aproveitar tudo aquilo que me possam dar.
imagem daqui