Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2012

Isto quer dizer que sou paranóica ou é só impressão minha!

Descobri que tenho uma pancada qualquer, se estiver a estender a roupa, quando chego às peças pequenas primeiro estendo as cuecas todas seguidas, depois os soutiens e só por fim as peúgas. Se encontro uma das peças referidas quando já passei à secção seguinte volto a mexer aquilo tudo para ficar por ordem. Realmente é mesmo uma grande pancada!! Isto só mostra como não tenho mais nada de útil para fazer :)
As saudades de ouvir a chuva a cair e a bater na janela. Vocês nem imaginam. É tão reconfortante. Há meses que não chovia uma gota aqui por esta cidade :D

O cliente tem sempre razão!

A frase mais ouvida em qualquer estabelecimento nos dias que correm, principalmente devido à crise e ao medo de perder os poucos clientes para a concorrência, é que os clientes têm sempre razão.  Agora eu pergunto, como é que os clientes têm sempre razão se ofendem, faltam ao respeito, são mal educados e tratam quem os atende como se fossem inferiores. Em 13 anos de trabalho de atendimento ao público já ouvi de tudo e já aguentei de tudo. Nos últimos tempos as coisas perderam as estribeiras.  Se um funcionário tenta explicar o motivo do que o cliente acha um erro, o cliente diz que o funcionário lhe chama de burro. Se o funcionário explica as coisas de uma forma clara e concisa e qualquer pessoa no estado normal compreende é porque o funcionário é burro. Isto não é tarefa fácil Os clientes podem queixar-se no livro de reclamações do atendimento e dos funcionários. O que eu gostava mesmo de saber é onde os funcionários se podem queixar dos clientes. É que há por aí muito menino e menin…

Mas nem tudo são coisas más!

No sábado de manhã, já o meu corpinho dava sinais dos dias agrestes que se avizinhavam, mas teimosa como sou, levantei o rabinho da cama quase de madrugada e fui fazer o workshop de comida vegetariana que me tinha inscrito há décadas.  O resultado não podia ter sido melhor, aprendi a fazer 1 chá, uma sopa, 3 acompanhamentos, 2 pratos principais e 1 sobremesa. Em 4h aprendemos e vimos como tudo se fazia, ficámos com as receitas para poder reproduzir em casa e ainda comemos tudo o que fizemos. Era tudo delicioso. Um grupo pequeno (10px) numa cozinha minúscula e num dos únicos restaurantes da cidade. Tínhamos outro restaurante do género que entretanto fechou e agora resta este (acho que momento é único) e é mesmo muito bom. Já me inscrevi no próximo. Hoje como estava melhor experimentei fazer um dos acompanhamentos em casa e não ficou tão bom mas comia-se. Agora só com a prática chego lá :)
A foto é retirada da net, mas quando fizer um prato completo tiro uma foto do que fiz!

I'm back!!!

Afinal o sr Doutor tinha razão no que me receitou. Eu é que queria milagres quase instantâneos e a coisa leva o seu tempo. Hoje já estou bem melhor. A dor já é quase uma miragem. De resto as outras coisas continuam, mas o que era uma gripe sem os seus sintomas característicos. Amanhã a minha vidinha já deve retomar a rotina diária (espero bem que sim) e aos poucos esta sombra vai embora. Agora é fazer a medicação até ao fim, como o médico disse e ver se é desta, pois isto de estar doente e amochada em casa não é de todo para mim!

E desta vez a medicina tradicional também não me ajudou!

Visitei o sr Doutor e após umas análises e um raio x a resposta dele não podia ser mais desmotivadora:' A menina não tem nada!' É isto, a alternativa não melhorou e a tradicional também não. Vim de lá com um saco cheio de medicamentos, nomeadamente as minhas drogas, e até mais ver o efeito é zero. Estou drogada da ponta dos pés até à ponta dos cabelos e o raio da dor continua aqui.  Continuo sem conseguir respirar bem, não consigo tossir, falar também já estou a ter dificuldades e mexer os braços está a tornar-se complicado. As pernas não me estavam a incomodar, mas hoje ao caminhar senti que, o movimento, estava a implicar com a dor. No meio de exames, consulta, analises e pagamentos, a sra da recepção do hospital ficou-me com 10€ a mais.  O que salvou a minha manhã foi que o médico era de uma gentileza e educação à qual não estou nada habituada com o meu médico de família, ainda por cima amanhã vou ter de o visitar para pedir uma baixa médica.

Daquelas coisa que não se conseguem explicar.

Normalmente sou uma pessoa que não acredita em coisas que não tenham explicação cientifica. Não sou menina de ciências mas acho que tudo tem de ter uma explicação.  Obviamente ao longo da vida já percebi que nem tudo pode ser cientifico e esta coisa dos endireitas tem muito que se lhe diga.  De vez em quando tenho umas dores sem explicação que me fazem visitar um senhor que mora algures, quase no fim do mundo (mas um fim do mundo fantástico, pois tem cá uma vista!!!)  e venho de lá quase como nova.  Os médicos dão-me medicamentos e fazem exames e não descobrem nada. Medicamentos já estou eu farta. Recuso-me a tomar mais, pois a dor nunca desaparece totalmente e assim que o efeito dos comprimidos passa é um 'ai que te avias'*.  Por isso, há uns anos quando torci um pé, esse senhor fez ali qualquer coisa de bem que não voltou a doer. Hoje com a dor de costas lá fui eu, a verdade é que a dor não passou totalmente mas já está mais leve, bem mais leve. O sr faz ali qualquer coisa mas, …

E o convite :)

Simples mas a cara dos noivos. Obviamente não dá para ver os detalhes do papel, que fazem toda a diferença, mas eu gostei!


A qualidade da foto é má porque a minha maquina foi à vida e só resta o telemóvel que qualidade não tem nenhuma.

Este ano só interessa o final de Junho!

Uma amiga minha vai casar. É a primeira amiga chegada que vai casar. Nós, os amigos estamos em pulgas para o acontecimento. Tirando a parte de todos os gastos envolventes, não poderíamos estar mais feliz por este enlace. Amanhã sei que vou receber o meu convite e estou em pulgas. Apesar de saber toda a temática do casamento e de estar a par de alguns detalhes, fico toda empolgada com o factor surpresa. Nem quero pensar na prova do vestido, acho que quando a ver vou chorar baba e ranho. Esta coisa dos amigos chegados casarem é bem diferente daqueles casamentos que vamos porque sim. Isto é muita emoção junta :)

Isto mais parece uma Grécia que o pacífico Portugal!

Houve barraca na manifestação lá na capital. Os policias agrediram os manifestantes e caíram no erro de agredir jornalistas. Os manifestantes atiraram ovos (e a crise pah, isso é comida) e sei lá mais o quê aos bancos e à policia e sei lá a mais o quê! Não, eu não vi nas noticias, mas não se fala de outra coisa no facebook. Sempre ouvi dizer que para a coisa voltar a endireitar-se tinha que haver outra revolução, tipo 25 Abril...meus amigos, não é com ovos que vamos lá e a revolução dos cravos já foi a alguns anos. Dêem mais uns meses e isto vai ficar pior que a Grécia, a coisa está a ficar feia e sinceramente não estou a gostar nadica de nada. Sem trabalho as pessoas não têm comida para pôr na mesa e os poucos que trabalham (cada vez são menos) não têm descontos suficientes para pagar subsídios aos que não trabalham. O pequeno comércio está todo a ir por água abaixo por isso não estou a perceber como é que este país se vai endireitar.
Adenda Informaram-me agorinha mesmo, tipo notícia d…

Conversas de circunstância!

No outro dia falava com um colega meu, jovem nos seus 18 aninhos que me perguntou como é que consegui deixar de fumar. Simplesmente meti na cabeça que sim e deixei (estou a deixar para o resto da vida, que isso não é coisa que se consegue de um dia para o outro). Sou teimosa o suficiente para tal.  Ele, um jovem no inicio da sua vida diz que não consegue ficar mais de 1h sem fumar e que se tal acontece começa a ficar muito nervoso e ansioso. Eu fiquei WTF?!? com esta idade e é isto. Não falo de um jovem problemático, falo de uma pessoa que teve e tem educação, pilares e família presente. Enfim, seguindo ao fundo da questão, dizia eu, que quando se deixa de fumar ficamos com o olfacto e o paladar mais apurado. Normalmente, agora quando chega alguém ao pé de mim eu sei logo que esteve a fumar pelo cheiro característico que tem, nomeadamente não muito agradável. Usei mesmo as palavras 'cheiram mal' para denominar um fumador que acaba de apagar o seu cigarro. Sem querer ofender nin…

O que me aborrece no futebol.

Por mais que gostem de apontar o dedo aos maus perdedores, aborrece-me o facto das disputas. Aborrece-me que quando o Benfica ganha só mandam bocas, quando o Benfica perde só mandam bocas. Oh God, se não sabem eu ensino, o objectivo do jogo é um ganhar, logo se um ganha o outro tem de perder. Já não suporto encherem-me o mural do facebook com bocas de um lado para o outro. Mas afinal isto são homens feitos ou crianças a disputar no jardim escola que o meu clube é melhor que o teu. Opah o Benfica ganhou agora, perdeu da outra vez. Desta vez os benfiquistas dizem que o jogo foi justo, da outra vez é porque foram roubados, os portistas queixam-se do mesmo e a história continua... em todos os jogos há sempre faltas que não são apontadas a favor dos outros e vice versa. Ninguém disse que o mundo era justo pois não?!? Também se aplica à bola. Não pode ser tudo justo sempre, era bom que fosse.
O que não entendo é que devíamos ser de um clube e não anti um clube. O que há mais por este mundo …

Ou de como está tudo doido ou então sou eu que estou com o termómetro avariado!

Sei que se fala que começa hoje a primavera, ou já começou. Hoje fartei-me de ver pela rua pessoas de tshirt e chinelos e sandálias e coisas dessas. Eu sei que já não estão aquelas temperaturas baixas, já estão mais amenas e ainda dizem que vão aumentar mais. Também não estão aqueles calores malucos que estiveram há 2/1 semana atrás que era uma correrria à praia. Também sei que eu estou meio engripada, mas hoje saí de casa de blusa quente, casaco e ainda lenço ao pescoço e senti que estava um vento frio, bastante desagradável. Convenhamos, o que começou foi a primavera não foi o verão e ainda falta um pouquito para esse tempo de sol e calor... ou sou eu que tenho o termómetro avariado ou esta gente está farta deste inverno seco e esquisito, desejando que chegue o verão!!!

Tou entupida!!!

E desta vez não é no nariz, mas sim nos ouvidos. Nunca tal coisa me tinha acontecido. Há 3 dias que tenho uma dor de cabeça interminável que me apanha os ouvidos e a garganta. Desculpem, deve ser mais do género: uma dor de garganta que me apanha ou ouvidos e a cabeça. Não sei bem, mas cá me cheira que tenho de fazer uma visita ao médico que tanto gosto e não queria nada!

Cérebro, a quanto me obrigas?!?

Há uma coisa que eu tenho de aprender a fazer, é deixar-me levar nas situações da vida e deixar de pensar tanto. Sempre que penso demais volto atrás e ponho um travão. Sinto que assim não aproveito como podia aproveitar a vida. Tenho de aprender que se cair, hei-de conseguir levantar-me. Há uns anos sentia-me com essa vontade de cair e estatelar-me ao comprido, agora retraio-me sempre e depois arrependo-me. Eu não quero arrepender-me de não fazer...simplesmente quero viver!

Mau, muito mau! Jersey Shore

Cada vez que vejo programas da MTV questiono-me de que os americanos são todos uns doidos varridos. Enfim, aquilo é tipo big brother mas a diferença é que eles saem da casa, trabalham e tal mas depois têm de conviver juntos. É uma confusão de gente louca, muito louca que só sabe beber e engatar em discotecas. Eu farto-me de rir com estes loucos mas ao mesmo tempo fico incrédula com esta gente! Só me questiono o que os pais pensam ao ver isto. Há miúdas que mais parecem meninas de rua, há bruta montes que só falta bater nas namoradas e há aqueles que estão ali na boa a aproveitar o dinheirinho que ali ganham. Não consigo parar de ver e agora vai começar uma temporada nova, viva as novelas da vida real regadas com muito álcool e muitas figurinhas tristes. Acho que depois deste post desci na vossa consideração 100%...mas agora ainda tenho salvação, posso dizer que é das alucinações da gripe.

Pequenos grandes desafios propostos

Desafio O Faa  fez-me o seguinte desafio:

O desafio consiste em: 1. Escrever 11 factos aleatórios sobre nós próprios
2. Responder às perguntas que foram propostas e criar 11 novas perguntas para as próximas pessoas.
3. Escolher as próximas pessoas e colocar o link
4. Ir à página delas dizer que lhes foi proposto o desafio
5. Nada de taggs de volta
6. Postar o conjunto de informações relativamente ao que o desafio consiste.

Os meus factos: 1. O meu cabelo é castanho
2. Sou tímida e extrovertida se é possível ser a duas coisas ao mesmo tempo. Vá sou tímida para o desconhecido e extrovertida para o conhecido.
3. Gosto de finais felizes
4.A minhas cores preferidas são o castanho e o laranja.
5. Escolhi o nick de 'a Gaja' porque no Algarve é uma palavra comum, só bastante tempo depois é que fiquei a saber o sentido depreciativo que lhe é associado no Norte
6. Tenho um feitio muito complicado
7.Gosto de dormir
8. Já torci o mesmo pé 5 vezes, mas nunca parti nada
9.O meu telemóvel anda sempre no …

Banda sonora do fim de semana

Fiquei viciada neste rock electrónico. A culpa é da publicidade da PT-4G. Apesar de não ser muito fã de electrónica mas não sou capaz de não ouvir.

Fiquei demasiado curiosa!

Agora que ouvi falar tanto do filme, as expectativas são altas mas tenho medo de me desiludir. Ver se o encontro em alguma sala de cinema aqui por perto e vou dar uma espreitadela.

Dois dias e é isto!

Estive dois dias com o meu sobrinho. Como ele está doente e eu de férias foi a cereja no topo do bolo.  O único problema desta algazarra na minha casa foi que, ele é um doente muito estranho. Só está bem aos pulos (mesmo com 39º de febre) a dar-me beijos e abraços, agarrado a mim. Resultado, ontem acho que a coisa até acabou bem., mas hoje...nem quero pensar. Dói-me a cabeça, está a começar a doer-me a garganta, os ouvidos e a cabeça e ainda tenho um frio de morte. Tenho cá para mim que não se avizinha um bom final de férias...e com tanto que tinha para fazer :(

Eu queria mesmo...

...um gatinho. Não tenho preferência pela raça, apenas pela cor. Sei que seria bem mais feliz se tivesse um gatinho cinzento rato...

Ontem vi aquela reportagem da TVI - Passaporte do Engano

Aquela sobre pegar nas malinhas e sair pelo mundo fora à procura de trabalho.
Fiquei com medo, muito medo. Deram exemplos de pessoas que simplesmente vão, de pessoas que vão através de pessoas, de pessoas com alternativa e de pessoas sem alternativa.
Fiquei assustada. Neste momento ainda não consigo tirar da cabeça a imagem do homem que ia para a Suíça com 60€ no bolso e sem certezas de nada. Chegou lá e lá ficou sozinho, sem saber falar a língua e pelos vistos sem trabalho (pois foi enganado).
Não imaginam o que me custou aquela reportagem acabar assim. As pessoas ficam preocupadas, será que nem lhe disseram onde podia procurar abrigo, ou se lhe deram algumas dicas?!? Sei que o sr não foi para lá com a TVI, sei que calhou a ir no autocarro onde fizeram a reportagem, mas e fica assim. Lamento não conseguir tirar da cabeça a cara de sofrimento do homem por ter deixado a família para trás, os olhos de tristeza cada vez que a jornalista lhe dizia que aquilo podia ser trampa...é o desespero,…

Sessão de Cinema

Tenho a certeza que sou uma pessoa de amores impossíveis e filmes de época quando, ao ver o filme a tarde e más horas, choro baba e ranho...



Jane Eyre

e lá se vai uma semana de exercicio para o caneco...

...mas soube-me pela vida (LOL). Há muito tempo que não comia um belo hambúrguer do Mc Donald's e uma vez que estava sem vontade de fazer almoço, deliciei-me com o belo do hambúrguer. Mc Royal Deluxe - o meu preferido de todos os tempos!!!

As coisas que uma pessoa ouve e fica WTF!!!

Ontem, num jantar de amigos ouvi a maior barbaridade da minha vida (para mim foi). Discutiamos o preço do tabaco, que pelos vistos aumentou desde que decidi deixar de fumar, e, então disseram que com o desemprego e com o facto de que as pessoas terem mais tempo livre que fumavam mais. Logo, o aumento do tabaco era muito ofensivo para as pessoas, pois não têm trabalho e preferem deixar de comer a fumar. Assim era preferivel aumentar o preço de alguns produtos alimentares como fizeram e não do tabaco. Eu fiquei WTF!!!!, nem comentei de volta porque o pessoal já tinha uns copos bebidos e podia gerar ali uma acesa discussão. Mas, convenhamos, subir o preço da comida em vez do tabaco!!! Epah façam tratamentos, façam o que quiserem mas a comida é essencial, o tabaco é um vicio que nos faz gastar muito dinheiro por ano e por sinal também ao Serviço Nacional de Saúde (com os tratamentos para doenças derivadas de tal vicio). Não sei se é de mim, ou se é por estar nesta fase de ser contra o fumo,…

Foi assim que consegui!

Um sol maravilhoso. A praia como vista de fundo. Um bom cd a passar no rádio. Um livro nas mãos.
 Este livro foi dificil de ler. Atravanquei ali pelo meio e perdi a vontade de o ler. Mas foi com vários finais de dia passados dentro do carro a apanhar o solinho bom, a ouvir a rebentação ou uma boa música que consegui chegar ao fim. Até gostei, se bem que ali a meio a coisa não desenvolvia e aborreceu-me. Tudo aconteceu nas últimas 30 páginas. Não sei se recomendo, mas para quem tiver curiosidade de como as coisas mais ou menos funcionam no interior de grupos 'skinheads' ou extremistas...mas acho que não traz nada de novo e que não se saiba através de uma boa pesquisa pela internet.

Devia de ser assim: A amizade duplica as alegrias e divide as tristezas

As pessoas às vezes não devem ter consciência do que dizem. Muitas vezes não digo o que sinto porque não quero magoar ninguém e muito menos ficar magoada. Por vezes sinto que os meus amigos não são meus amigos. Por vezes sinto que nenhum deles me conhece totalmente. Às vezes penso que as amizades que fizeram sentido há anos atrás, hoje, já não o fazem. Eu adoro-os acima de tudo. O que mais quero é vê-los felizes e em tudo o que poder ajudar ajudo. Mas tem dias como o de hoje, que sinto que eles se estão realmente a barimbar para mim, e que eu sou tudo menos importante na vida deles. Que os meus problemas e dificuldades são um mero ponto na vida deles... Hoje não estou para amigos, só estou aqui para mim.