Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2009
Para o meu blog ser considerado uma coisa à séria precisa de cerveja, pois então cá vai...
DÚVIDAS SOBRE A CERVEJA?!

1. A CERVEJA MATA?

Sim. Sobretudo se a pessoa for atingida por uma caixa de cerveja com garrafas cheias. Anos atrás, um rapaz, ao passar pela rua, foi atingido por uma caixa de cerveja que caiu de um caminhão levando-o a morte instantânea. Além disso, casos de infarto do miocárdio em idosos teriam sido associados as propagandas de cervejas com modelos boazudas.

2. O USO CONTINUO DO ALCOOL PODE LEVAR AO USO DE DROGAS MAIS PESADAS?
Não. O álcool é a mais pesada das drogas: uma garrafa de cerveja pesa cerca de 900 gramas.
3. CERVEJA CAUSA DEPENDÊNCIA PSICOLÓGICA?
Não. 89,7% dos psicólogos e psicanalistas entrevistados preferem uísque.
4. MULHERES GRÁVIDAS PODEM BEBER SEM RISCO?
Sim. Está provado que nas blitz a polícia nunca pede o teste do bafômetro pras gestantes. E se elas tiverem que fazer o teste de andar em linha reta, sempre podem atribuir o desequilíbrio ao peso da barriga.

Bem afinal não encontrei aquele tal gajo nem coisa que se parecesse...encontrei sim um bando de gajos agarrado a umas cervejas que gostam muito de criticar os outros...
Logo, se gostam de criticar os outros, criticaram-me a mim...
Agora eu pergunto (e alguém que me responda pff) lá porque se cria um blog tem de ser uma coisa séria? Não posso falar das banalidades que me apetecer?
Sim, porque se eu quiser uma coisa à séria, vou tirar um curso qualquer relacionado com escrita (não um cursozinho como o meu, claro) e depois venho para aqui escrever sobre temas muito importantes tal como futebol, ou então cerveja...
Sim, é melhor isso que falar do que quer que seja.
Só tenho pena que um blog de merda atinja tanta gente...vou começar a escolher com quem me dou....pelos vistos tenho escolhido as pessoas erradas...
Só faz falta quem realmente nos faz falta, de resto nem vale a pena perder tempo...
Em vez de pensar tanto, devia fazê-lo menos e agir mais...acho que no fundo, no fundo falta-me a coragem para certas e determinadas coisas.
Porque é que as coisas quando as pensamos são fáceis e quando chega a altura de as fazer custam tanto...
Porque é que eu sou tão fala barato...
Porque é que eu gosto das pessoas e nunca sou capaz de ser frontal...
Hoje vou vestir a minha lingerie e vou jantar com as minhas amigas a um sitio qualquer para ver se arranjo um gajo qualquer...
Mas não pode ser um gajo qualquer... tem de ser um especial...
Eu tenho a mania que sou melhor que os outros, mas no fundo, no fundo acho que é um complexo de inferioridade
As vezes tenho atitudes que se pensasse bem nelas devia estar quietinha, as vezes falo com as pessoas certas da maneira errada...
Esta coisa do 'Eu sou cliente e tenho sempre razão', já me começa a aborrecer um bocado....
Lá porque eu sou cliente eu posso chamar nomes, humilhar e tratar mal as pessoas que estão a trabalhar?
Nos últimos dias tenho ouvido e aturado muita coisa e o que é que me dá vontade de fazer??? Ir aos santos lugares onde esse parvos da m**** trabalham e fazer-lhes o mesmo. Será que por eu ser um cliente tenho o direito de gritar e esbracejar com quer que seja, independente do facto de já ter perdido toda a razão?
Eu não gosto muito de reclamar, nunca gostei. Se há algo que eu não gosto num determinado lugar não ponho lá mais os pés, no entanto, já assinei o livro de reclamações uma vez. Sei que o podia ter evitado, porém quando atinjo um limite é mesmo o limite, mas não ofendi ninguém.
Agora a esses filhos da mãe que por serem clientes se acham com direito de ofenderem e humilharem as pessoas só peço que se ponham, um dia, no lugar deles e vejam se gostam... é porque no fim de contas todo…
o primeiro 'gajo' bom no meu blog....:D
Em primeiro lugar adoro a serie (há 3 dias que estou colada à tv a ver os episódios todos), e depois acho o gajo lindo (anima-me a vista)...
As novas protagonistas da serie seremos nós (eu e as gajas)...

Prazos...

Ultimamente tenho ouvido falar constantemente em prazos, um prazo para entregar currículo, para limpar qualquer coisa, para encomendar, para devolver ou então tens de fazer isto hoje porque amanhã já não dá...resumindo, afinal tudo tem um prazo???

Haverá um prazo para ser feliz, ou um limite de dias de felicidade?
Digo isto porque, vou observando à minha volta e vejo na maioria pessoas conformadas com o que têm. Felicidade, aquele sentimento puro e genuíno de bem estar...népia, nem vê-lo.
Não digo que tenhamos de andar com um sorriso todos os dias e a esbanjar alegria por todos os poros(isso também é irritante), mas fogo, nós olharmos para uma pessoa e sabermos que ela não é feliz torna-se deprimente...

Haverá um prazo ou limite de dias para amar alguém?
Faz-me assim um pouco de confusão ouvir alguém a morrer de desgosto por uma suposta alma gémea hoje e daqui a uma semana já tem outra e se lhe perguntarmos pela ex nem se lembra do nome...
Penso que não somos obrigados a ficar agarrados ao…
Digam-me algo que eu ainda não saiba, mas que eu queira saber...
Não me encham a cabeça com soluções porque eu quero resultados...
Compreendam-me porque eu quero ser compreendida...
Aceitem-me como sou e não façam perguntas...
Não sou pessimista, apenas realista...
Logo, eu sei tudo aquilo que me possam dizer apenas não quero ver...
Não tenho problemas, apenas tenho coisas menos boa na minha vida....

Dia Dos Namorados

Como não podia deixar de ser, lá tinha eu que opinar sobre mais qualquer coisa...
Dia dos Namorados, acho muito giro, pode até ter a sua piada (eu nunca lhe achei muita graça) mas eu gostava de perceber o porquê de tanta coisa neste dia...
Há tantos dias para se jantar fora, para se fazer surpresas que neste dia tudo perde a piada. Os restaurantes estão cheios, romantismo nem vê-lo porque os empregados estão a correr de um lado para o outro, a servir à pressa e a tentar vazar mesas para mais casais.
Os presentes variam entre um coração a dizer 'i love you', um peluche (olhem que eu adoro peluches), ou um ramo de rosas (que neste dia são carissimas) mas neste dia é tudo tão sem graça...(viva o consumismo)
É neste dia que tudo acontece e nunca nada é simplesmente por acaso.
Eu sou apologista de que todos os dias servem para surpreender, e quando menos se espera mais piada tem...sei que uma surpresa tem sempre riscos, mas deve ser aí a piada.
Porque é que não se compra um presente porq…

Sonhos

Todos nós temos sonhos...
De há uns aninhos para cá (desde que vi um documentário sobre as dificuldades na África do Sul) que fiquei com o bichinho de ir para lá. Queria ir ajudar, fazer algo que marcasse a diferença...nesta altura ainda andava eu na luta para acabar o secundário e pensava que depois esse sonho ficava arquivado. Entretanto numa daquelas aulas de esclarecimento de cursos superiores, fizeram uma apresentação de um curso que me suscitou imenso interesse (Educação e Intervenção Comunitária). Era a porta para a realização de um sonho.
Eu, que queria mudar algo, tinha aí a base para fazer a diferença. Pensava eu que com um curso superior tudo era mais fácil.
Entretanto acabei o secundário, inscrevi-me...entrei... e durante 4 longos anos matei-me a trabalhar para conseguir tirar o curso (inventei trabalho sobre trabalho) e consegui...Agora sou uma licenciada em Educação Social...
Mas sonho ficou aí mesmo, num sonho...porque se fosse à 6 aninhos atrás eu pegava na minha mochila e…

Reticências Bar...

Abriu um novo bar em Faro, Reticências Bar... no Largo da Madalena, ontem foi a inauguração ao público (sim porque os amigos já tinham tido a sua private party) e claro está passei por lá para felicitar os sócios.
Posso dizer que adorei o espaço, definitivamente um bar para se beber um copo, conversar um bocado e passar a noite...no entanto para os amigos da dança, cá me parece que não vai dar pois o ambiente não proporciona (no entanto, eu dancei)...
Apesar de não ser meu, (mas é de boas pessoas) convido todos a passarem por lá e beberem um copo porque acho que vale a pena. :)
Ultimamente tenho pensado muito em mim, naquilo que sou e no que gostava de ser...
A realidade é que eu não mudaria muito daquilo que sou, apenas algumas coisitas...essas coisitas seriam talvez uma parte do meu feitio (não é que ele seja mau, apenas não é compreendido por muitos). Talvez o meu feitio seja um reflexo daquilo que já vivi até hoje, por todas as lutas e perdas que já tive, talvez seja a minha forma de me defender, sei lá...
Eu sou uma pessoa que vive os momentos com muita intensidade e, logo, sou explosiva...sei o que faço e o que digo mas não me consigo controlar e pimba...salta tudo cá para fora. Não digo que faço as coisas sem pensar porque eu sei sempre o que digo ou faço, e secalhar até penso demasiado e logo sai merda... sou frontal (demasiado, talvez), não sou uma pessoa de rodeios (ou é ou não é...nunca há um intermédio).
Dou comigo a pensar se devo mudar, e sim eu sei que sim porque a vida não é só a preto e branco tem uns cinzentos pelo meio, mas questiono-me: eu …

The Script

E porque eu adoro esta música cá vai.....e também porque eu acho que em todos os momentos da nossa vida nós esperamos por algo, e eu continuo à espera....