Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Janeiro, 2013

Ou sou eu que sou muito esquisita ou meio mundo não sabe o que quer

Não sou daquelas pessoas que gostam que lhes andem a cheirar o rabiosque, por assim dizer. Ou sim ou sopas. Ou gosto ou não gosto. Não tenho cá paciência para indecisões e dúvidas que não lembram ao coelhinho da Páscoa.  E se me dizem que não querem, que não gostam, que não precisam eu sigo para bimbo, ou seja, pode magoar e doer mas sigo em frente. Por vezes de rastos e banhada em lágrimas, mas sigo. Não gosto cá de vou-te deixar aí a meio gás e pode ser que pegue.  Gente, é só para avisar, isso comigo não pega. E quem avisa amigo é, por isso, até estou a ser amiga.

Odisseia e as minhas dúvidas existenciais

O Bruno Nogueira e o Gonçalo Waddington estão a fazer um género de série, com o nome do post, que pelos vistos passa na rtp. Nos segundo episódio deparo-me com este diálogo entre a miúda que faz de filha do Gonçalo e ele:   Gonçalo: Que se passa Daniela Daniela: Eu não sou bonita Gonçalo: Que disparate filha!!!! Daniela: Não é disparate, se eu fosse bonita como elas ele gostava de mim. Gonçalo: Mas ele gosta de ti. Daniela: Não gosta nada, ele gosta dela.  Gonçalo: Nesta altura os meninos gostam de forma diferente das meninas. Daniela: Mas eu gostava que ele gostasse de mim como gosta dela.
E prontos a modos que é isto, as minhas dúvidas existenciais são as mesmas que uma miúda de 7/8 anos. Nada de novo, portanto.


P.S: até hoje não conseguia postar imagens e nem comentar...i'm back!!!!

Desvantagem

Neste momento estou em desvantagem. A única forma de dar a volta por cima é seguir em frente e desistir de algo que anda a ocupar a minha mente nos últimos tempos. Porque é que me é tão dificil desistir de algo que só me faz mal?!?

Nem tudo é mau.

Apesar de me estar a acontecer um pouco de tudo desde Dezembro para cá (sim, não posso dizer que é só de Janeiro que estaria a mentir) é nestes momentos que coisas boas também se revelam. Tenho a certeza que tenho as melhores pessoas do mundo por perto. Se bem que por vezes me afasto, reclamo e me queixo mas a verdade é que estas pessoas que estão aqui, são aquelas pessoas a que chamamos de amigos. E apesar das adversidades, das lágrimas ameaçarem cair a qualquer momento e de tudo o resto, eu sei que, à minha maneira, eu sou feliz!!

Hoje

Hoje está um dia cinzento. Mais parece um daqueles dias em que não devia ter saído da cama. A cabeça está a mil, o coração está despedaçado e o corpo está dorido. Tanto que não devia ter saído que assim que fiz o que tinha que fazer enfiei-me na cama outra vez e daqui só saio para trabalhar porque sou obrigada.  Pergunto: quanto tempo é necessário?!? Já não me aguento neste estado deplorável de parvoíce crónica por alguém que não merece o ar que respira, mas não consigo pôr para lá das costas.

Constatação do dia

Não se escolhe quem se ama, mas pode-se escolher fazer o correcto ou o errado. O errado é mentir e o correcto é contar a verdade e arcar com as consequências. Nos dias que correm são mais as pessoas que têm medo de arcar com as consequências do que as que têm problemas em mentir. Viver em mentiras é das piores coisas que se pode fazer. Eu já vivi um mentira e no fim o que restou?!?  Restou a dúvida de tudo. E se? é o meu pensamento diário. As mentiras destroem. A verdade, apesar de doer, com o tempo aceita-se.

Ai que loucura esta!!!

O telemóvel já morreu, o carro levou-me todas as economias e agora o pc está a dar de si. 2013 em alta!
Mas não é por isto que deixo de acreditar que este será o tal ano. Não pode ser só isto, tem de ser mais, muito mais e enquanto eu tiver um sorriso vamos a isto. Mau agoiro é no blogue ao lado se faz favor.

Da polémica da Samsung

Acho que eles conseguiram o que tanto queriam, que era andar nas bocas do mundo. Não foi um tiro certeiro mas tem o mesmo efeito. sempre ouvi dizer, bem ou mal o que interessa é que falem. Exactamente isto que aconteceu nesta história.
Falando de mim, se me perguntassem quais os meus desejos para 2013... hum tipo um mês de férias na Polinésia Francesa e montes de roupa e ténis novos de todas as marcas e feitios e malas e sei lá todo um conjunto de futilidades que me fariam mais feliz mas que não definem quem eu sou. Na hora h eu preocupo-me com o que se passa neste mundo e neste nosso Portugal, quero saber como este país vai andar para a frente quando só tiram e tiram às pessoas. Epah a sério que é preciso cair em cima da miúda?!?
Ao décimo dia de dois mil e treze, quando eu pensava que não podia receber mais nenhuma má noticia, pimba que chega mais. Mas já não chega?!? Podem levar-me o dinheiro todo que já nem me importo, não há mais nenhum escondido. Esperemos que fique só por coisas que o dinheiro possa resolver, é porque de loucos estes 30 não estão a ter nada.
Quase que era menina para apostar como este ano seria grande, seria o tal ano. Ao nono dia de dois mil e treze o meu mundo treme e a incerteza mantêm-se. Começo a ter sérias dúvidas sobre a veracidade do meu sexto sentido. Preciso que aconteçam coisas boas, mesmo que pequeninas mas boas.

Recomeçar!!

Por vezes temos de recomeçar para podermos seguir em frente. Eu estou a recomeçar do zero, sem expectativas ou quaisquer ilusões. Não quero mais ficar presa ao passado, logo nem ao blogue que me acompanhou durante algum tempo.  Sei que sempre defendi que temos que carregar a nossa bagagem connosco, pois esta define quem somos, mas infelizmente não quero mais trazer o meu passado comigo. Quero sentir-me a recomeçar e ser livre. Sei que é um passo maior do que aquele que alguma vez poderia dar mas é o necessário. I'm back!!!