Avançar para o conteúdo principal

Só para quem vê Dexter...

O titulo informativo é só para facilitar a vida aqueles que não vão entender nada daquilo que escrevo...

É só a mim, ou a vocês, fãs de Dexter, ou a mulher dele também vos irrita um bocado?
Antes deles casarem até achava ela querida e muito cutxi cutxi mas depois a mulher teve ali um curto circuito qualquer. Aquela mulher só complica. À mínima coisa é terapias , é desconfianças, é merdinhas que não lembra a ninguém. E depois é toda queridinha a falar, toda melosa...ai que aborrecimento que a gaja me dá. Eu sei que o gajo é um serial killer e que corta pessoas aos bocados mas na verdade ele é um querido...fofo, mas fofo que só visto...

Comentários

  1. ahah xD desculpa mas adorei a forma como terminaste! LOL

    ResponderEliminar
  2. É um bocadinho irritante, demasiado ingénua ela. Já chegaste ao final da 4ª temporada??

    bjinho

    ResponderEliminar
  3. eu ainda só vi as duas primeiras temporadas.. mas acho-a um pouco irritante/paranóica X)

    ResponderEliminar
  4. Realmente ela era um bocado irritante... Mas para o efeito que lhe fazia (ao Dexter) era o necessário para o chamar ao mundo daqueles que tem problemas comuns de relacionamento... E ele sempre teve em consideração ela estar sempre do seu lado apesar das suas dificuldades de relacionamento... :P

    ResponderEliminar
  5. Kikas: desculpa porquê? estás à vontade.

    Denise Luz: ainda não mas estou quase a acabar...bem ainda faltam 4 episódios...mas estou a adorar.

    Sabor adocicado*: é um pouco e cada vez fica mais...

    Piri: não sabia que também acompanhavas a série, estás a gostar?

    Rui: ainda não acabei de ver a 4ª temporada e essa parte do 'era' já me fez perceber que era mesmo...

    ResponderEliminar
  6. A nova temporada estreia hoje nos USA pelo que esta noite vai ser um drama não conseguir assistir logo. Mas pelo que andei a ler, os livros nos quais a série é baseada tornaram-se best sellers após a 2ª temporada e isso reflete-se no sucesso da série, apesar de todos os precalços que tem acontecido.

    Gaja: desculpa a parte denunciante, foi despropositada e sem querer. Mas a personagem é marcante e isso agora irá reflectir-se no que acontece na 5ª temporada. Se já viste os teasers então saberás, com base naquilo que já viste até agora, que algo mais dark se aproxima e que isso significa mais e melhor Dexter.

    E que venha o serial-killer preferido da tv!

    ResponderEliminar
  7. Pois eu sei que estreia hoje... mas já estou quase a acabar a 4ªtemporada. eu já sabia que ia acontecer qualquer coisa a gaja...só não tinha a certeza que era definitivo...

    ResponderEliminar
  8. Isso de a Mulher complicar é um mal comum a todas as mulheres ;)
    E... começei a ver a serie e parece boa! pois o primeiro episodio nao dá para saber muito ;) mas parece-me BOA mulher pois só quer amor e amor ... era uma dessas que me fazia falta cá em casa !

    ResponderEliminar
  9. Mas ela é boa mulher...digo eu que deve ser o que todos vocês querem, uma boa mulher para apresentar aos amigos e família e uma boa mulher na 'cama'. não te deve ser muito difícil arranjares uma mulher assim...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Agora sim, vou ficar louca!

Eu pensava que era o trabalho que me ia levar à loucura. Que mais dois meses e estava internada no Júlio de Matos. Mas enganei-me. Estar em casa de cú para o ar sem ter de me preocupar com nada é que me vai levar à loucura.  O que me dizem é:'ah  tal tu só estás de férias há dois dias...vais arranjar alguma coisa e tal e tal'. Gente eu andava a mil, era contratar pessoas, era formar pessoas, era programar cuponeio, era ver cuponeio, era mandar 1500 mails com a mesma informação, era ligar ao departamento tal por causa disto e daquilo, era um acidente que acontecia e mais do mesmo, eram tretas e tretas e agora não há nada... E se eu não arranjar emprego fico um ser imprestável para o resto da vida!!!!

Despedi-me e agora?!?

Hoje foi o dia. Trabalho na mesma empresa há metade dos anos que tenho de vida e cheguei ao fim da linha. Não entendo como as empresas tratam os funcionários, foram anos de ameaças(que nunca passaram de ameaças), foram anos de exploração (consentida), foram anos de pressão desmedida, foram anos de exigência controladora e foram anos que perdi da minha vida.  Levo comigo uma aprendizagem para a vida, um esgotamento nervoso e uma depressão. Levo comigo no coração as mais de 800 pessoas que conheci, que me aturaram e que partilharam um pouco delas comigo. Agora não sei bem o que fazer, nunca procurei trabalho, nem sei bem o que sei fazer, nem sei bem para que serve a minha licenciatura...não sei de nada. Só tenho uma certeza, melhores tempos virão...

A metade da laranja, ou a tampa da panela, ou o raio que o parta!

Quando se chega a uma certa idade temos uma pressão descomunal de toda a sociedade, familiares, amigos casados ou amantizados, para que faças o mesmo.
Fui a um casamento em que a única pessoa sem acompanhante era eu e a minha sobrinha. Salvou-se o barman versus handyman que era lindo de morrer, super simpático e que fizemos amizade para a vida ou para a próxima semana vá.
Hoje, no segundo dia do casamento já diziam que nós vamos casar. Não nos vamos casar de certeza e vou continuar solteira por uns bons tempos, mas que há vontade para nos conhecermos melhor lá isso há.
E sinto que de um momento para o outro tudo está a mudar e estou a gostar da mudança.