Esta noite sonhei contigo. 
Há noites assim, em que no preciso momento que fecho os olhos e me deixo levar para a terra dos sonhos, tu dás-me a mão e acompanhas-me por lá, enquanto caminho e tropeço...mas sinto-me bem por sentir a tua mão na minha. Por vezes dou por mim a sentir a tua mão a afastar-se e tento voltar à realidade, abrir os olhos e ver que a minha mão está fria e sem a tua, mas tu puxas-me de volta ao mundo dos sonhos e continuas comigo. 
Às vezes parece tão real que me pergunto se realmente vivemos isso ou se estou a sonhar. Mas de manhã, quando acordo, sei que são simplesmente sonhos que me acompanharam pela noite dentro, sonhos quase reais mas que no fundo não passam de sonhos. Momentos em que o meu subconsciente te vai buscar onde quer que estejas e traz-te para junto de mim.
A realidade é uma treta, os dias são chatos e anseio pela chegada da noite, onde, aí te posso encontrar e viver tudo aquilo que não posso viver durante o dia.

Comentários