Há coisas que nos partem o coração (ou o que resta dele). Por vezes não pensamos na forma como agimos, no que dizemos ou mesmo no que fazemos e o quanto isso pode magoar alguém. Não há nada pior do que pensarmos que conhecemos alguém e num determinado momento percebermos que afinal essa pessoa não é bem aquilo que pensávamos (mais concretamente o que imaginávamos). As vezes, por gostarmos de alguém, idealizamos a pessoa da maneira que gostaríamos que ela fosse e pimba...um dia percebemos que não era bem assim e parece que o mundo treme (mas é só o nosso). Hoje, mas só hoje (porque amanha já volto a cair) tenho noção que me deixei levar por algo que não existe nem nunca existiu, agarrei-me a palavras que foram ditas ao vento e que vieram cair à minha porta...resumindo iludi-me. Preciso de sair daqui, é o único caminho a seguir, a viagem que me espera para o outro lado do mundo. E a vontade, onde está? Ás vezes pergunto-me porque há decisões tão difíceis de tomar e porque as vou adiando...é só mais um mês, é só mais uma tentativa, é só mais um verão, é só mais um Natal...porque tudo se torna tão difícil no momento de partir? Porque me agarro a coisas que não existem?




I don't belong here...but I don't know where I belong...

Comentários

  1. Sei bem o que isso é... O futuro que eu sempre idealizei está.. lá bem longe daqui. Todos os dias quero ir embora... Mas dou p mim a pensar e se esse momento chegar? Serei capaz de partir?? Não sei.

    Mas uma coisa eu sei. Nunca sairia daqui com o intuito de fugir de algo ou de alguém. Não é por fugir que o sentimento ou o problema morre. Vai com agente. Isso eu sei.

    Desculpa o desabafo... É a tua história, apenas queria que soubesses que... Nunca estamos sozinhos. =)

    ResponderEliminar
  2. Fugir não é o caminho! E acredita quanto maior é queda, mais força temos depois para nos erguer. Never give up.. o mundo segue lá fora e tá mesmo á nossa espera. **

    ResponderEliminar
  3. Sem dúvida que todas nós já passamos por aí. Mas fugir não me parece a atitude mais acertada, às vezes temos mesmo que enfrentar os nossos fantasmas! É esse o único caminho para virar (finalmente) a página!

    Força querida!


    Beijinho

    ResponderEliminar
  4. porque ha algo que nos prende e nao nos deixa largar =/

    eu sei o q é..

    mas um dia... acabamos por dar a volta =)

    bjinhos..

    ResponderEliminar
  5. Ohh muito obrigado querida ;)
    Não sabes como me deixa feliz, saber que o meu texto toca alguém! :D

    Beijinho

    ResponderEliminar
  6. E há gajos muito cabrões... LIVRA.

    ResponderEliminar
  7. Concordo que fugir, não é a solução para todos os problemas que nos assolam. Mas por vezes é preciso dar um novo rumo à nossa vida, nem que para isso seja necessário dar uma volta de 180º. O amor por vezes apresenta o seu lado menos positivo, ainda assim não nos devemos desencantar por completo. Um dia tudo irá fazer sentido, e o amor irá sorrir-te por completo. ( :

    Beijinho, e muito obrigado por teres gostado do meu texto, é bom saber que somos seguidos e que gostam daquilo que escrevemos. ; D

    ResponderEliminar

Enviar um comentário