Eu disse que era só naquele dia, hoje já me passou (como quem diz que não quero pensar nisso) porque sinto que tentei, que fiz tudo o que podia fazer e que nada deu em nada. Na realidade não fiz nada do que devia, fiz sempre tudo ao contrário (mas qual é o meu problema???psicologos por aí???ajudem-me) que raio de gene fui eu herdar que só faço merda, faço sempre tudo ao contrário...
Mas isso deve ser a minha piada (ou então não), enfim hoje não quero pensar nisso.
Mas para não falar nisso, tenho que falar em coisas que me aborrecem mesmo...eu curtia mesmo saber o que os outros (vá, não era todos, só alguns, ou mais concretamente só um) pensam...há pessoas que me confundem tanto que parece (não parece, é mesmo) que não sei o que fazer e depois faço o quê??? asneiras e só complico tudo...um conselho aos homens (não é que tenham pedido): não compliquem as coisas, sejam assim mais decididos...as mulheres não têm bola de cristal para adivinhar o que vos vai na cabecinha.
Ok, mas nada disto interessa porque estou de férias, aquelas tão esperadas em que vou sair do paraíso (Algarve) LOLOLOLOLOLOL para me ir enfiar na capital (não que esta seja a decisão mais acertada)...4 dias em que nada vou fazer além do Alive (isto se não me esquecer do bilhete), hei-de estar a atravessar a ponte 25 de Abril e lembrar-me que me esqueci de algo importante tal como as lentes de contacto ou então os óculos, assim qualquer coisa que não dá para comprar e sem a qual não sei viver.

A parte má da coisa é que eu estou sempre aqui...

Comentários

  1. Porque é que há amores desencontrados?! Porque é que quanto mais difícil é a conquista mais pica dá?! Porque é que um sorriso alimenta a esperança?!

    As mulheres são mesmo parvas! (E não! não há excepções!)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário