Eu sei que isto está-se a tornar repetitivo, mas...


...é que para mim isto é tal e qual a descobrir o ouro. Estou a descobrir que adoro motos, adoro andar de moto, do frio na cara, da liberdade que se sente, a chuva na cara, da intimidade que se sente quando se partilham esses momentos com alguém. Estou ciente dos riscos, se for ao alcatrão não fico bem de certeza. Por isso mesmo uma condução consciente é o melhor. Respeitar os outros condutores para que sejamos respeitados, mas isso não invalida o ir ao alcatrão... Por enquanto não quero outra coisa senão deslocar-me em veículos de 2 rodas e apanhar o ventinho na cara :)

Comentários

  1. :) Eu adorava ter uma vespa...! Mas ainda não convenci a minha mãe a dar-me :P

    ResponderEliminar
  2. Andar de mota, sobretudo quando se vai acompanhado, é sempre uma adrenalina imensa. :P

    ResponderEliminar
  3. Dá uma sensação de liberdade que só quem experimentou pode avaliar. Mas eu não gosto de andar nem de levar "pendura". Gostava de abalar, sem destino certo, mas na altura em que tinha mota tinha horários a cumprir e não havia dinheiro para grandes aventuras...
    Agora mentaliza-te que o pára-choques da mota, é a cabeça. Por muito desagradável que seja, o capacete é indispensável (a minha cabeça que o diga eheheh). Agora até há uns bastante giros e mais frescos.
    Acelera! lool

    ResponderEliminar
  4. Eu até agora só andei de scooter (de boleia) e gostei. O azar é que me queimei um dia, na perna, com o tubo de escape ao sair de cima dela...

    ResponderEliminar
  5. Martinha: sem dúvida :)

    Sonhadora: opah também não é assim tão caro, mas quando conseguires convencer diz-me que argumentos usaste para eu usar com a minha :)

    Fresco_e_Fofo: realmente abalar assim sem destino em cima de uma mota é uma grande aventura. Capacete sempre, nunca pode faltar...o pior é que com calor não apetece andar de casaco mas também é indispensável se for ao alcatrão.

    Lima e Tequilla: se gostaste de andar como pendura experimenta conduzir...é mesmo muito fixe :)

    ResponderEliminar
  6. Eu acho que vou continuar a preferir as 4 rodas, se bem que nunca experimentei andar de moto, a não ser, quando era pequenina, numa velhinha mota que o meu pai tinha.

    ResponderEliminar
  7. Nokas*: sempre tive uma paixão por motas mas só agora é que pus em prática todas estas loucuras. Mas de carro a segurança é bem maior, sem margens de dúvidas.

    ResponderEliminar
  8. É uma sensação de liberdade fantástica!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário