Tipo E.T. caído em hora de ponta num centro comercial

Foi assim que me senti assim que pus os pés na festa de aniversário do meu sobrinho. Cerca de 20 casalinhos mais os seus queridos rebentos a olharem para mim como se fosse um E.T.. 
Há 8 anos que faço um esforço descomunal para ir a esta festa, é que se ao menos houvessem pais solteiros interessantes mas agora assim... apanho valentes secas, oiço falar de todas as etapas das crianças e ainda levo com aqueles olhares do género:' solteira e sem filhos, vais ficar tia para sempre', ou então, uma mãe mais ousada olha para mim e para o seu marido que está a trocar duas ou três palavras comigo e dá aquele olhar:'afasta-te sua destruidora de lares'. Sério gente, é que nem me passa tal coisa pela cabeça...não fosse o amor ao meu sobrinho e iam ver que nem punha lá os pés.

Comentários

  1. Sabe-se la porque ha imensas familiaridades com a tua situação. As festas de casais sem "interesses" disponiveis sao tramadas....
    Alguem devia fundar um clube dos "olhados de lado em festas de familiares :D"

    ResponderEliminar
  2. Deixa lá. Eu quando corrijo as pessoas e digo que não sou casada, é a mesma coisa. :P

    ResponderEliminar
  3. Pois, pois... vais lá é pra "galar" os maridos barrigudos. ahahah

    ResponderEliminar

Enviar um comentário