Retrospectiva

Ultimamente tenho pensado muito na vida e no que quero e não quero. É engraçado que ao fazer um apanhado de todas as relações da minha vida chego à tenebrosa conclusão que houve sempre aquilo a que se pode chamar de 'falsa amiga'. Daquelas c@br@s que se aproximam se fazem de amigas e quando damos por nós já não percebemos bem o que se passa. Depois eles dizem que não se passa nada, elas dizem que não se passa nada mas há a continuação de uma troca de sms, de conversas particulares e depois eu sigo a minha vida e eles seguem as deles. A verdade é que quando eu segui o meu caminho, eles também seguiram o deles em separado. Mas fica sempre aquela dúvida, aquela incerteza e aquela desconfiança.
Agora eu pergunto, sou eu que sou e me tornei desconfiada demais ou são os outros? 
 

Comentários