Hoje foi o dia :)

Eu não dormi só de pensar nas agulhas, no sangue e no cheiro. Oh God, às 8h da matina já andava às voltas na cama com os nervos. Mas fui e quando me perguntaram se queria doar sangue, não hesitei e disse que sim. Os nervos começaram a subir, a tensão começou a subir mas eu estava ali com um objectivo que há muito queria cumprir e que ia sendo sempre adiado. Quando cheguei à sala das recolhas não tinha fala, os nervos apoderaram-se de mim. Não desisti e graças às enfermeiras, médicos, auxiliares e a grande equipa que estava por detrás desta acção fui em frente. Não custa nada, era o que eu dizia por fim a quem entrava na sala. As enfermeiras só brincavam comigo porque entrei sem fala e depois só me ria e já dizia que não custava nada.
E realmente não custa nada pelo bem que podemos fazer. Hoje foi o dia em que me tornei dadora de medula óssea e de sangue :)

Comentários