Esta sou eu!

A desgraça ambulante em forma de pessoa. Eu sou a pessoa que não sabe o que quer. Que quer tudo e ao mesmo não quer nada.
Faço tudo errado com as pessoas certas e faço o certo com as pessoas erradas.
Em tempos de juventude, sempre pensei que isso ficasse perdido algures nessa fase da vida. Pelos vistos essa parte menos boa veio atrás da minha personalidade e grudou-se tipo lapa. E com isto vou bater a retirada em relação à minha introspecção e vou trabalhar que isto não tá vida para ficar no sofá.

Comentários