Com menos dois dentes e com o mesmo (ou menos) juízo de sempre.

Não há nada pior do que termos de fazer algo que não queremos e porque precisamos temos que fazer. Estava a ficar doida, mas mesmo a chegar a um daqueles momentos da vida em que não pensamos, simplesmente viramos as costas.
Não cheguei a virar as costas mas sei que é só até ao próximo problema, pois atingi meu limite.
Porém, nada melhor do que uma boa conversa (não assim tão boa), mas é incrível como alguém neste pequeno mundo vê as coisas que eu vejo (afinal não é só imaginação minha).
Enfim, percebi que o problema não sou eu e que os outros é que estão cegos, mas contra isso nada posso fazer e as minorias calam-se.
Ao contrário do que sempre digo (quando não os consegues vencer junta-te a eles), eu não me vou juntar e vou levar esta batalha até ao fim, se não concordo não vou facilitar só porque eu estou em minoria.



Let's the party begin

Comentários