Das multinacionais #2

Já não bastava terem-me descido o ordenado, agora querem que eu faça milagres. Eu até entendo que no trabalho não é para fazer amizades, e se sou responsável pela equipa tem de andar ali tudo na linha. Não podemos desculpar atrasos e muito menos faltas de respeito. Sei perfeitamente que temos de seguir regras e prazos demasiado curtos e faço por isso, ando ali atrás deles a puxar por eles e a exigir que façam mais e melhor. Agora virem ameaçar  que me despedem porque não estou a conseguir gerir o pessoal é assim passar uma linha invisível. Se querem despedir que despeçam, façam por isso agora não me andem a ameaçar, porque se eu não consigo melhores resultados é porque os que estão a baixo de mim não fazem por isso, apesar dos muitos avisos que lhes dou todos os dias e de continuar a não deixar sequer respirar para o lado. Sei perfeitamente que sou eu que tenho de modificar a forma de trabalhar deles mas se eles não querem e nem aceitam as alterações, talvez não seja bem a mim que tenham de despedir. Enfim, a minha cabeça é que vai rolar. Por um lado acho bem, nunca fui despedida mas há uma primeira vez para tudo.

Comentários

  1. Baixar o ordenado não é ilegal?????
    Se a tua equipa não te respeita, faz-lhes o mesmo: ameaça-os com despedimento, com disciplina do chegar a horas se não é-lhes descontado do ordenado. Tens de ter algum respeito e autoridade...digo eu.

    ResponderEliminar
  2. É terrível ser líder de uma equipa... Fazemos tudo ao nosso alcance para tentar que a equipa funcione melhor mas às vezes existem coisas que é impossível conseguirmos mudar. E quem leva na cabeça é sempre quem é responsável pela equipa. Boa sorte, espero que tudo se resolva da melhor maneira...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário