Eu sou um desses bichos raros que deixa de fazer certas coisas por não ter companhia.

Como é que deixamos de fazer aquelas coisas que realmente gostamos por ninguém ir connosco. Eu quase que nasci com uma bicicleta nas mãos. Lembro-me perfeitamente quando comecei a andar de bike sem rodinhas, era numa bike quatro vezes maior do que eu e num instante dominei a coisa. Lembro-me das inúmeras quedas que dei por distracção, parvoíces e brincadeiras.
Todos os dias andava km de bicicleta. Entretanto vim morar para cidade, deixei o campo e deixei a bike também. Há uns tempos voltei a pegar na minha querida bike e andei uns km com amigos mas como ninguém mais quis pegar nas bichinhas deixei de o fazer.
Hoje acordei e decidi ir pedalar, precisava de desanuviar, de me distrair e pimba. Andei uns quantos km e agora sinto-me tão bem :)
Acho que descobri a minha terapia: eu, os pedais e uma boa música a fazer companhia.
É com estas pequenas coisas que sou feliz. Agora vou só relaxar um pouco porque o trabalho espera por mim!!!


Bom feriado*

Comentários