Dizem que é dia do animal...



Sempre quis ter um gato laranja. Não pensei que fosse nem hoje nem amanhã. Era algo que queria mas tinha tempo. No inicio de Setembro mudei-me e passei a viver sozinha. Foi a realização do sonho, algo que sempre quis, viver sozinha. Quatro longos dias de férias foram o suficiente para perceber que não fui feita para ficar sozinha. Acordava e deitava-me sem ninguém aqui para mim. Como arranjar um namorado não é coisa fácil...um dia acordei e tinha esta fofura a querer ser adoptado. Com apenas dois meses de vida já tinha sofrido muito e que posso dizer, foi amor à primeira vista. Fiquei em pânico sem saber o que fazer. Eu só dizia que nunca tinha tido um gato, como era ter um gato? Não hesitei e passado três longos dias fui busca-lo. O amor à primeira vista foi correspondido e desde o dia 7/09/2015 que o Oreo vive comigo. Não sei explicar o que sinto por ele mas é um amor sem explicação. Agora sim estou feliz, eu e o meu gato que cresce a olhos vistos. Espero que ele se sinta tão feliz como eu me sinto desde que o tenho. 

Comentários