Despedir alguém

Faz parte das minhas funções de gerente de loja a contratação. Quem diz contratação, diz demissões. Nunca me vi a despedir ninguém mas hoje é o dia. Tenho lá um miúdo que não integra de forma alguma, não consegue fazer o trabalho dele de forma competente, mesmo depois de termos feito todos os esforços para isso acontecer. Então cabe-me a mim despedir. Mas custa-me a vida ter de tomar esta posição. Como qualquer ser humano precisa de hipótese para se integrar nesta sociedade.
Cada dia que passa tenho mais a certeza que não tenho o perfil desejado para um cargo destes.

Comentários

  1. POis, sei bem como é...
    Ao longo da minha carreira já despedi muita gente... Alguns foi fácil, foram apanhados a roubar, destratarem superiores, e coisas piores, mas também já tive que despedir pessoas porque não se integravam, ou porque eram menos produtivos do que se esperava... E nalguns casos custa... Mas força nisso... Há sempre uma primeira vez, hoje foi o dia...

    ResponderEliminar
  2. Não é nada fácil estar nessa posição...eu não tinha perfil para isso.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar

Enviar um comentário